Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIÇÕES DE VIDA

Valorizar a pessoa humana é, acima de tudo, reconhecer e respeitar a sua história pessoal. É muito bom quando paramos para escutar alguém, mesmo que seja por apenas um minuto... quem sabe se não temos a palavra certa capaz de desvendar os enigmas dos seus sonhos ou pesadelos? Importante mesmo é vivenciar de perto a sua realidade - mas isto requer que estejamos bem preparados, sabendo que aquela pessoa que está bem a nossa frente tem vários defeitos como qualquer outro ser humano. Temos que ser humildes à ponto de saber entender os seus desafios, alegrias e desabafos.

Quantas lições de vida não aprendemos com as pessoas mais velhas? Só não consigo entender o porquê de tanta insensibilidade de alguém que chega ao ponto de abandonar ou próprio pai ou a mãe num asilo. Afinal, as pessoas mais idosas são detentoras de grande sabedoria e de experiências que lhes fizeram existir até os dias atuais. O mundo seria bem melhor se chegássemos a escutar os conselhos e os ensinamentos dos anciãos, ao mesmo tempo em que também cuidássemos melhor das crianças, principalmente daquelas que não têm um conforto de um lar e o carinho de seus pais - oferecendo-lhes melhores condições, a exemplo de calor humano, de uma melhor formação e de educação. Você bem sabe que "viver" não é uma missão tão fácil no dia-a-dia... é um desafio! E que desafio!!! Quantas dificuldades, fracassos e desânimo não enfrentamos no cotidiano?

Entretanto, a nossa vontade de vencer e de acreditar que, de repente, tudo pode mudar e se tornar diferente - assim como a lagarta que se transforma em crisálida para em seguida tornar-se uma linda e colorida borboleta... assim deve ser comparados os instantes que compõem a nossa existência. Existe uma variedade de cenas, que parece até infinita, formando as imagens do que poderíamos afirmar ser um filme da nossa própria história pessoal, onde cada detalhe, cada ato, cada palavra vai sendo registrado e impresso no roteiro da nossa existência.

Daí a necessidade de preenchermos o nosso cotidiano com cenas boas, eliminando tudo o que possa nos tornar escravos de si mesmos e dos outros. Acredito que um dos nossos maiores erros é fazer-se acreditar que o que é bom para nós é também para o próximo. E, na maioria das vezes, a realidade é bem diferente... então nos fechamos no nosso individualismo e esquecemos (ou nos fazemos esquecer que cada pessoa é diferente da outra) - é assim que todo tipo de discriminação começa a existir na nossa maneira de ser e de estar.

O mais importante então, não é a beleza física, mas o interior de cada pessoa. Quem é capaz de entender isto, já sabe definir a importância que cada ser humano tem nesta missão que lhe foi confiada por Deus no decorrer dessa sua existência terrena. Que saibamos, portanto, valorizar a aceitar a história pessoal de cada pessoa: do ancião, da criança, do deficiente, do pobre, do oprimido...

23.03.98

André Filho - Professor, Poeta e Comunicador da Rádio Comunitária Comunidade Geral FM de Guarabira. Crônica divulgada anteriormente no programa "Canal Livre" apresentado por Cláudio Cunha, na Rádio Constelação FM (1998). O texto também serviu de roteiro e narração para um curta metragem filmado pelo grupo de crisma "Sementes da Fé" da Comunidade São Pedro e São Paulo (1999).
André Filho
Enviado por André Filho em 22/05/2009
Reeditado em 16/08/2015
Código do texto: T1609400
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
André Filho
Guarabira - Paraíba - Brasil
72 textos (18736 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 08:22)
André Filho