Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As gurias superpoderosas

Como as gurias são complicadas! É o que os pais das meninas dizem aqui no sul. Não é uma regra, mas a grande maioria. E concordo plenamente. Tenho filho, e quando as filhas de amigos e parentes me visitam eu estranho e agradeço por ter um representante da ala masculina sob meus cuidados.

As meninas potencializam todas as manias femininas. É mais complicado porque elas ainda não fizeram suas escolhas definitivas e querem experimentar muito.
Muitos batons, xampus, vestidos, sapatos, limites. Tudo isto antes de sair, em momentos críticos. Aí cabe uma observação. Acontece certo mimetismo nas famílias. Quando a maioria é de homens, as mulheres acabam por copiar determinadas características masculinas. Com ressalvas, é claro. Vestem-se mais rapidamente, ficam mais descontraídas na escolha dos programas na TV, menos estressadas na arrumação da casa. Aliás, uma decisão sábia pois mulheres exigentes demais acabam trabalhando muito, e os parceiros e filhos ficam na folga.

Já em casas de domínio feminino, os homens cedem aos caprichos da mulherada. Ficam mais vaidosos, colecionam xampus e cremes de barbear. Compram mais sapatos e demoram muito mais se preparando para sair. Como é inevitável, que todos demorem então.

Os pais, das gurias adolescentes que iniciam suas saídas noturnas, reclamam. É muito mais difícil comandá-las. Penam para fixar horários para buscá-las nas saídas das festas. Toda sexta elas querem meia hora a mais. Quando não mandam um torpedinho quinze minutos antes da hora marcada avisando que o pai da amiga aquela vai dar carona. Pobre do pai que já estava na garagem tirando o carro, ou a caminho. Um deles, muito esperto, me contou ter ameaçado entrar de pijama festa a dentro se as regras de horário fossem quebradas. Funcionou,
por um tempo. Ele mesmo diz que não há solução e o futuro dos homens estáfadado à dominação. Ele tenta disciplinar, não para impor sua autoridade paterna,nada disso, o que ele pretender é facilitar para o futuro genro. Pode?
Ana Mello
Enviado por Ana Mello em 08/04/2010
Código do texto: T2184556
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
142 textos (25276 leituras)
2 e-livros (929 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 02:17)
Ana Mello