O QUE DIZEM AS ROSAS



Se literalmente as rosas falassem, com certeza elas diriam tanto a tantos, desde os que as plantam,cuidam, colhem, admiram aos que com elas ornamentam altares, festas, noivas, aos que as oferecem a pessoas amigas, queridas até àquelas que se fazem saudades e para os que sentem essa saudade as oferecem para que as cubram na sua ultima morada aqui neste planeta chamado terra.

Se as rosas realmente pudessem expressar-se com palavras, nem haveria necessidade de dizermos nada, como na realidade não há, se pudemos oferecê-las é exatamente para que silenciosamente elas transmitam os nossos sentimentos.

Vejam o exemplo do nosso rei Roberto Carlos, que sempre nas suas apresentações, oferece milhões de rosas e todas sem espinhos, todas vermelhas e lindas como o sentimento que ele através delas e de suas canções consegue transmitir e o faz com toda sua maestria singela como a paz que ele nos passa através de cada canção elegante e sensivelmente azul.

Se as rosas pudessem falar, eu até creio que elas pediriam para não terem espinhos, mas é que me parece, pois assim imagino que a natureza fez isso de propósito para protegê-las de vândalos que infelizmente existem por toda parte.

Que bom que as borboletas que enfeitam as matas os jardins os bosques, assim como os beija-flores sabem pousar nelas e sugar-lhe o néctar sem ferirem-se e nem feri-las, pelo contrário, conseguem suavemente bailando, até replantá-las! Que bom que mesmo silenciosas as rosas existem!



Brasília, 13/12/2010