Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mais do mesmo...

Os gritos descontrolados e estridentes se lançam nas ruas, se fazem constantes pedindo em súplicas uma ajuda, um socorro...
Os olhares se dirigem para os lados, a cada minuto tudo acontece novamente e vai... Olhares, que se passam, que se fazem, por segundos, nada mais...
As mãos que realizam tantos atos, que vencem tantas lutas e outras que tentou vencer... Se fazem, o que não podem ser...
Os corpos lançados a meia luz, lançados a intensa luz, queimados pelo o que reluz, fadados pela paixão... porém... só ilusão...
Mais do mesmo abraço para esquentar este eterno coração...
Mais do mesmo beijo para provar esta paixão...
Mais... bem mais... do mesmo castigo, do mesmo perigo, do mesmo então...
As sombras perceguem as vidas neste vasto mundo como animais famintos, os espiritos aflitos, as almas querendo paz,
O lua vem descançar à beira da praia, as ondas que não caiam sobre os lírios deste vale de amor... Criado e cuidado por nós...
Mais do mesmo sono...
Mais do mesmo sonho...
Mais do mesmo sossego para ainda estar...
Mais do mesmo carinho...
Mais do mesmo calor...
Mais do mesmo amor...
Para ainda esperar...
Para ainda amar...
Mais do mesmo cantar...
Mais...bem mais....
Mais do mesmo falar....
Calar... Baixar...
Mais do então,
Mais do se não...
Mais deste fora-esmo...
Mais... bem  mais...
do mesmo....
Daiane Rodrigues
Enviado por Daiane Rodrigues em 24/06/2005
Reeditado em 02/07/2005
Código do texto: T27207


Comentários

Sobre a autora
Daiane Rodrigues
Américo Brasiliense - São Paulo - Brasil, 31 anos
393 textos (28883 leituras)
1 áudios (108 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/07/20 23:56)
Daiane Rodrigues