Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(MAIS) RESOLUÇÕES DE FIM DE ANO

Fim de ano chegou. Mais um. Hora de fazer aquela avaliação. De ver o que deu errado, o que fizemos de errado, o que podemos -devemos- melhorar. Chance de recomeço. Sim, se você -ainda- está vivo, é porque há uma chance de recomeçar, de acertar, de tentar de novo. Sinal de que os céus te deram mais uma oportunidade. De que Deus, sim, acredite você Nele ou não, sinal de que Deus, o Misericordioso, estendeu Sua maravilhosa graça sobre você. Que tal, então, fazer valer a pena o investimento? Eu pretendo tentar. E, porque pretendo, lá vão as minhas resoluções -e desejos- de fim de ano. Portanto, quero, em 2013:

Ser um homem que reconhece a própria pobreza espiritual; reconhecendo isto, poderei crescer, aprender, buscar a sabedoria e o conselho. Reconhecendo isto, terei a chance de me tornar... menos pobre.

Ser um homem que chora. Chora diante da miséria alheia, do sofrimento do próximo, da tristeza do outro, da indiferença de muitos. Chorando em face destas coisas, terei a chance de me mover, de interferir. De tentar, de alguma forma, suavizar a caminhada de alguém.

Ser um homem manso. Sendo manso, poderei suportar o “som e a fúria” do mundo.

Ser um homem misericordioso. O homem misericordioso é aquele que reconhece a ofensa e a maldade praticada contra ele; mas que, ao invés de clamar pela justiça, pelo castigo, é capaz de conceder o perdão. E, convenhamos, o perdão, esse fato crucial, anda em baixa nestes tempos...

Quero, neste ano que se aproxima, expulsar do meu coração toda espécie de maldade, vileza, podridão, violência, tudo, enfim, que não seja puro; pois o coração puro é o que nos aproxima de DEUS, e este é o meu maior anseio.

Quero ser um pacificador. Um homem que pacifica, que concilia, que promove o reencontro, o consenso, a harmonia. Pois são os pacificadores que serão chamados filhos do Altíssimo.

Quero compartilhar mais pizzas com a família Bissoli.

Quero ganhar na Megasena da virada.

Quero surfar mais. Muito mais. Quero surfar sempre que for possível. E, quando estiver surfando, quero que o surfe seja divertido, pacífico, compartilhado. Como se todos os surfistas ao meu redor fossem meus amigos, meus irmãos. Porque, afinal de contas, é o que eles são. Mesmo que não saibam. Ou não se importem.

Quero ser um homem melhor: um marido melhor, um filho melhor, um irmão melhor, um tio melhor, um amigo melhor.

Quero, finalmente, que você, meu amigo internauta, seja feliz, que viva em paz, e que ande com DEUS.

Feliz 2013; que seja um ano repleto de coisas boas. E de altas ondas para todos!
paulo marreco
Enviado por paulo marreco em 28/12/2011
Reeditado em 26/12/2012
Código do texto: T3410326
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
paulo marreco
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
36 textos (50905 leituras)
1 e-livros (701 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 20:09)
paulo marreco