Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lá estava o pobre garoto sonhador, sonhando em ser gente grande, em ser alguém na vida. Todos os dias a mesma coisa, os mesmos medos e as mesmas dúvidas.
O garoto sonhador não tinha dinheiro, não tinha emprego, tinha sua família que lhe dava amor e comida.
As noites eram tristes e vazias, muitas vezes se pegava chorando por não ver uma solução. De manhã a mesma rotina começava e, isso o deixava ainda mais choroso e melancólico.
Seu pai saia cedo para trabalhar e só voltava a noitinha, sua mãe era dona de casa exemplar em seus afazeres. Tinha uma irmã que ainda estava no colegial, e só queria saber do seu mundinho de menina.
Sempre que estava triste o pobre garoto ouvia músicas, escrevia poemas, lia seus livros. Tudo isso para ver se diminuia a dor que o corroía. Ninguém entendia o que ele sentia, nem ele mesmo sabia explicar o que o deixava tão cabisbaixo.
Muitos sonhos que não se realizaram, muitos planos que se frustraram.
Ele tinha poucos amigos, porém verdadeiros, que sempre o incentivava a seguir em frente e não desistir de lutar.
Como ja foi dito o pobre garoto era um sonhador, tinha a intenção de ser professor, engenheiro e até doutor, mas as circunstâncias diziam o contrario.
Num certo ponto de sua vida se viu sem saída. As coisas nunca davam certo, todo emprego que arruma alguém arruinava, era uma pessoa muito boa para as outros. Quem sabe seja este o motivo de tanta gente maldosa querendo a sua derrota.
Aos vinte e poucos anos caiu em depressão, não queria mais viver, não queria mais sonhar. Seus pais preocupados não sabiam o que fazer, sentavam ao seu lado e juntos choravam. Assim foi por dias e noites.
Ainda hoje ele passa pelo deserto da vida, um lugar aonde muitas vezes o sol é escaldante e não se acha uma sombra, muito menos um pingo d'água.
Ele continua a sua jornada na vida, agora tentando reconstruir seus sonhos e suas vontades. Conhecendo pessoas novas que o inspire a continuar. Orando a Deus para que não o abandone e que faça sua fé crescer.
Força pobre garoto, ninguém disse que seria fácil. Mas há algo dentro de ti que te faz resplandecer. Se olhares para dentro de ti, achará um herói que luta todos os dias, mesmo no inconsciente, para se manter vivo.


 
Leandro Augusto Nogueira
Enviado por Leandro Augusto Nogueira em 24/10/2013
Reeditado em 19/04/2018
Código do texto: T4540748
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Leandro Augusto Nogueira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Leandro Augusto Nogueira
Jacareí - São Paulo - Brasil, 32 anos
225 textos (8030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 01:17)
Leandro Augusto Nogueira