Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

= Cabeça à beça =

Juro que vi uma mula sem cabeça com duas cabeças.
Era cabeça à beça para uma mula sem cabeça.
Um espetáculo dantesco.
Beber não bebo e chocolate até onde sei não dá barato e
nem está barato e além disso comi só um pedacinho.
O sol do último verão deve ter cozido meus miolos e
dizimado meus dois neurônios.
Estou lembrando-me de quando eu era pititico...
De uma prosa que ouvi do meu avô, velho lobo dos mares,
com seu imediato mais imediato:
- Baitazar, meu amigo, com esse calorão, até marinheiro
em terra, na bunda sua!
O que o imediato imediatamente respondeu eu não entendi
direito, mas não deve ter sido coisa boa porque meu avô
ordenou na hora que o jogassem aos tubarões.
Que baltasar teve o Baitasar.
Como diz um antigo deitado, tem dias que de
noite é assim mesmo.
A gente confonde as coisas e fonde tudo.
E as coisas em vez de miorarem, pioreiam.
Tendeu?
Então não isprique preu pruquê nem eu.

= Roberto Coradini {bp} =
21//04//2014
= Hoje tem também = Vai Corinthians!!! =
e = Do Repartir =
Grato por vir.
Feliz e abençoada semana pra ti.
Abraço de urso, daqueles que
trinca as costelinhas. rs
BETO bp
Enviado por BETO bp em 21/04/2014
Reeditado em 21/04/2014
Código do texto: T4776767
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
BETO bp
Jundiaí - São Paulo - Brasil
3533 textos (217007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/21 23:37)
BETO bp