Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONSCIÊNCIA NEGRA?

Nunca conseguir entender o dia da consciência negra. Confunde! Vejo algo sem noção que propaga a confusão e o próprio preconceito. Uma vez que se admite que exista o preconceito! Penso: São atitudes negras – escravizadas pelo seu próprio eu/ e ou medo? Revolta e dor. Sei, não sei se posso gritar! Sinto-me perdida num mundo lúgubre aonde corações sangram – chorando lágrimas de sangue. Quisera içar a bandeira da vitória – seria a glória. Fico perplexa     diante de tudo que acontece no nosso cotidiano após séculos. Num passado distante quando criança, num presente – futuro mais velho. Como entender? O desvario de seres que se dizem humanos. Infinito que propaga a guerra, o ódio, a fome – miséria.  Ás vezes num estrilar pergunto-me por quê? Por que tem cor?!... Não deslumbra a beleza do amor? Mas que amor? O amor consiste n’alma e não na pele... O ser humano não é uma flor para sua cor ser escarlate – rubra... Mas seu sangue sim: é vermelho igual à de todos os outros sejam, brancos, pardos, amarelos, negros etc. Não importa a etnia. A consciência negra esmera-se em fuga para se esconder atrás do preconceito.

Por: Mary Jun – 19/11/2014
Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 20/11/2014
Reeditado em 20/11/2018
Código do texto: T5041830
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.

Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
857 textos (41797 leituras)
1 e-livros (87 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 19:37)
Mary Jun