Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Pré-Conceitos

 
Triste época!
É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito.
Albert Einstein
Preconceituosa, eu? É. Sou. Somos. Fomos ensinados assim. A maioria de nós luta contra o preconceito e já até conseguiu superar alguns deles, mas ainda se surpreende vendo um mulher em um profissão predominantemente masculina, ou um negro sobressaindo-se onde antes só os brancos reinavam. Ainda sorri com malícia ante dois rapazes de mãos dadas ou desaprovação a uma moça com modos masculinos. A gente critica, mesmo que entre dentes ou internamente, qualquer pontos fora da linha: gordos, magros, altos, baixos, feios, cultos ou incultos demais para os padrões impostos pela sociedade. A gente subestima os portadores de necessidades especiais.
Pior. A gente se habituou à violência física ou verbal contra mulheres, homossexuais, negros, pobres e, muitas vezes, culpabiliza as vítimas, rotulando-as por seus modos ou atitudes.
Não é porque sejamos maus. Somos uma geração em constante conflito interno, sendo diariamente bombardeados com informações sobre a importância de buscarmos um mundo mais justo, mais inclusivo para todos, enquanto lutamos contra os conceitos do passado, profundamente enraizados em nós. Nesta guerra, vencemos algumas batalhas, perdemos outras e vamos evoluindo.
Talvez jamais cheguemos ao ponto ideal que, espero, será o normal nas novas gerações. Mas se conseguirmos ao menos identificar e conter as manifestações do nosso preconceito, já estamos um passo adiante nessa dura caminhada, que só terminará no dia em que formos capazes de amar e respeitar a todos, sem qualquer tipo de discriminação.
Bem… todos, não. Aí já é querer demais.
Se eles não evoluírem também, e muito!, para melhorar o conceito que fazemos deles, vai ser difícil deixar de ter preconceito contra os políticos.
 

Este texto faz parte do Exercício Criativo - Você É Preconceituoso?
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://encantodasletras.50webs.com/voceepreconceituoso.htm
Nena Medeiros
Enviado por Nena Medeiros em 11/04/2016
Código do texto: T5601532
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Nena Medeiros
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 53 anos
1253 textos (321001 leituras)
13 áudios (836 audições)
2 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/03/21 04:43)
Nena Medeiros

Site do Escritor