Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quanta criatividade!

       Tornar-se um escritor bem-sucedido é uma grande ambição. Mas há alguns campeões da produtividade. Uns são adeptos do método de Dumas, considerado um célebre método. Alexandre Dumas viveu 68 anos e produziu mais de 100 mil páginas em sua carreira literária. Seu método consistia em recrutar escritors para compor uma equipe que produzisse histórias. Ele era líder de uma equipe de escritores e supervisionava-os.
       A escritora americana Nora Roberts, de 67 anos, diz não ser adepta do método de Dumas e ainda afirma ter escrito cada uma das páginas de seus numerosos livros que ultrapassam 218 títulos. Será?  Ei Nora, vamos ser mais modestos! Não duvido de sua capacidade; contudo acho muita coisa para tão pouco tempo. Talvez ela não durma, talvez seja realmente uma máquina carregada pela luz solar, do contrário suspeito da sua afirmação.
       Há aqueles que abusam do café mesmo sabendo que cafeína em excesso não faz  bem, o francês Honoré de Balzac exagerava no consumo de café para suportar sua jornada de trabalho nas madrugadas. Ele viveu 51 anos e escreveu o equivalente a 1,78 livros por ano de vida. O escritor que bateu sua marca pessoal de produtividade em 2011 é adepto do método de Dumas, publicou 14 livros no ano e se tornou o escritor mais bem pago do mundo, seu nome é James Patterson de 70 anos.
       A escritora que admiro muito, Agatha Christie, viveu 86 anos e escreveu o equivalente a 1,29 livros por cada ano de sua vida. Rick Riordan de 53 anos já escreveu muitos livros, aproximadamente 1,71 livros por ano de vida. Stephen King de 70 anos é um dos meus escritores preferidos, ele escreveu o equivalente a 1,1 livros por ano de vida. Quanta produtividade desses escritores fecundos!
       Há escritores muito fecundos e outros pouco fecundos, como Camilo Pesanha, Junqueira Freire, Casimiro de Abreu, Manuel de Antônio de Almeida, Visconde de Taunay e Leandro Ferreira Braga,  citei apenas os que conheço.  Voltando aos escritores que produziam (em)  mais livros do que descansavam (am) e os que produziam (em) livros com coautores, tais escritores são alvo de uma crítica. O que achas leitor, eles transformaram e transformam a criação literária em processo industrial?

e: leandroferreira12@outlook.com.br

Convido-lhe  para conferir meus textos  (poemas, crônicas e contos), desde já agradeço.

(Deixe sua interação nos comentários, agradeço.)
Leandro Ferreira Braga
Enviado por Leandro Ferreira Braga em 22/10/2017
Reeditado em 22/10/2017
Código do texto: T6149806
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Leandro Ferreira Braga
Fortaleza - Ceará - Brasil, 25 anos
82 textos (4611 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 08:38)
Leandro Ferreira Braga