Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reunião de dois grandes poetas

Num estado letárgico repousava para o medicamento fazer seus efeitos como recomendado pelo meu médico. Várias cenas se passavam, mas uma com letras garrafais me chamou mais atenção:..... corre não percam esta ocorrendo um diálogo entre dois poetas que revolucionaram a juventude da época. Machado de Assis e Eça de Queróz.
 Machado dizia: “Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito”.
“O dinheiro não traz felicidade — para quem não sabe o que fazer com ele”
“Não é amigo aquele que alardeia a amizade: é traficante; a amizade sente-se, não se diz….”
“Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho. Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!”
“Creia em si, mas não duvide sempre dos outros”
“Não levante a espada sobre a cabeça de quem te pediu perdão”
“A vida é cheia de obrigações que a gente cumpre por mais vontade que tenha de as infringir deslavadamente” e Eça de Queiróz com a palavra foi dizendo:
“Quando não se tem aquilo que se gosta é necessário gostar-se daquilo que se tem”
“Pensar e fumar são duas operações idênticas que consistem em atirar pequenas nuvens ao vento”
“O amor eterno é o amor impossível. Os amores possíveis começam a morrer no dia em que se concretizam”
“Que mérito há em amar os que nos amam?”
“Os políticos e a as fraldas são semelhantes, possuem o mesmo conteúdo”
Naquele momento, ouvindo estavam tantas frases sábias, parecia que tempo parou, alguém me acorda “pensa que és marajás, boia-fria da pega, o cabo de guatambu te espera!”
Jova
Enviado por Jova em 07/12/2017
Reeditado em 07/12/2017
Código do texto: T6192767
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jova
Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil, 61 anos
656 textos (7447 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 14:42)
Jova