Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

25 de Agosto/Dia do Soldado/Do Exército

                  No dia 25 de agosto comemora-se o "dia do soldado e do exército", mas quase ninguem fala sobre os PRACINHAS/HEROIS ESQUECIDOS.
                  Nós precisamos, urgentemente, deixar de transformar traidores da pátria, pessoas que se notabilizam por imoralidades e até assassinos dos próprios pais em celebridades.
                  Quando vamos aprender a valorizar as pessoas de bem, cujos exemplos devemos seguir e às quais devemos homenagear ?
                  Ao circular pelas cidades brasileiras, eu não me lembro muito de ver ruas, avenidas, praças, prédios ou monumentos com nomes homenageando algum dos nossos queridos "pracinhas", nossos irmãos que colocaram em risco suas vidas para nos livrar da ameaça do nazismo, durante a Segunda Guerra Mundial. Estou cansado de ver logradouros públicos com nomes até de pessoas nocivas à ordem pública. Também é muito comum honrarias a estrangeiros que a maioria da nossa população nem sabe o que representam (Roosevelt,
Kennedy, Martin Luther King Jr., etc.).
                  Aliás, ao falar-se em Segunda Guerra Mundial, a única coisa que a maioria sabe é que o grande vilão era Hitler e tudo acabou depois das bombas atômicas em Hiroshima e Nagazaki. Mas não se lembram da bravura da Força Expedicionária Brasileira, sob o comando do General Mascarenha de Morais. Não lembram da vitória de Monte Castelo, em 21 de fevereiro de 1.945; das batalhas travadas pelo Regimento Interno, pelos Regimentos Sampaio e Tiradentes, sob o controle do ilustre General Zenobio da Costa. Esquecem do bravo Batalhão Uzeda e esquecem que foi a coragem e o heroísmo de nossos jovens soldados, conquistando o Monte Castelo, na Itália, um dos fatores mais importantes, senão o determinante, para a vitória dos aliados.
                 Muitas famílias brasileiras perderam seus amados filhos naquele campo de batalhas. Entre os que retornaram vivos, muitos trouxeram seqüelas definitivas.
                Essa dívida ainda macula a memória de instituições e entidades democráticas deste país. Hoje, com mais de sessenta e dois anos de atraso, precisamos resgatar a lembrança desses valentes brasileiros.
                Neste momento, em que uma parte da classe política nos envergonha até a alma, é chegada a hora de prestarmos o reconhecimento e a merecida homenagem aos "verdadeiros patriotas".
                       "Salve o Expedicionário Brasileiro" !!!
                                         25/08/07
                           Fernando Alberto Salinas Couto
Fernando Alberto Couto
Enviado por Fernando Alberto Couto em 25/08/2007
Código do texto: T622856
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Alberto Couto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 66 anos
1228 textos (56279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:26)
Fernando Alberto Couto