Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Queda

 Como poderia ser chamada?

 Uma diferença de nivel?Uma lei metafísica, ou naturalemnte a vida?

 Era sábado, tranquilo, sereno, vento macio, na praça.Nada da correria da semana que fora imensa.Mas um deliquilibrio colocou fim na calmaria.

 Era uma senhora, pernas finas debaixo da longa saia e mãos tremulas abandonadas ao lado do corpo magro, e abatido, curvado aos anos que passaram. Um passo falso e o desiquilibrio e a queda.

 Seria apenas um dos vários acontecimentos de um dia, mas dessa vez não.

 A queda é o triunfo da gravidade.Quando a vida fragilizada diante dos anos e do tempo, diante dos acontecimentos marcantes, quando a vida tão forte e fraca se desiquilibra na linha do tempo; a queda é pra sempre, sem volta a resistência do tempo.

 A minha queda seria ridicula, hilária, patética.Porque ainda tenho forças contra a lei da gravidade, tenho algum tempo possivel a minha espera, mas pra quem já venceu tantas vezes anos apos ano, só se espera uma queda, do desiquilibrio da vida na linha do tempo até a queda eterna.

 Pobre senhora que passeava tranquila, perdeu o equilibrio.Triunfo da gravidade, ganho da queda.
Alias
Enviado por Alias em 13/09/2007
Reeditado em 13/09/2007
Código do texto: T650617

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alias). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alias
Reino Unido, 31 anos
190 textos (28054 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 13:14)
Alias