Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INSTABILIDADE NOS RELACIONAMENTOS.

Quando se ama tudo é possível e não vemos limites para nos sentir feliz. Estar nos braços de quem nos faz tão bem, é o mesmo que estarmos nas nuvens, num lindo mundo fantástico e mágico. Amar é tudo que se pode sentir quando a vida nos parece sem cor. Contudo, um dia este amor que nos parecia ser a fundamentação de eterno termina.

A paixão por sua vez nos cega, não nos permite ver a realidade e com isso fazemos uma tremenda bagunça com nossos verdadeiros sentimentos.

Acredito também que podemos aprender amar, mas o amor é aquele sentimento que faz o nosso coração pulsar descontroladamente. Amor não é paixão, é um sentimento sereno de companheirismo, de amizade, de olhos brilhantes, de sorriso orelha a orelha...

Quem nos pareceu casal eterno um dia nos surpreende se separando. Quem parecia amar, na verdade apenas estava usando. Ou se amava realmente algo aconteceu para este encanto terminar.

Recentemente, passei por uma situação delicada, enviando cumprimentos ao namorado da minha amiga que por sinal, me diz: “Terminamos”. Fiquei sem ação e comentei que a vida segue o seu caminho e fui mudando a direção da prosa.

Aliás, tenho visto amigos namorando por um mês e terminar um relacionamento de modo repentino. E fico questionando-me o que cada um realmente estava procurando no outro, para não continuar a relação?

Apesar disso, as mulheres estão cansadas de encontrar homens fúteis, que só pensam em levar para cama, ou no bom vocabulário, serem usadas e dispensadas no dia seguinte. É bem verdade, que existem mulheres que não se valorizam. Mas aí fico a me questionar, afinal, como ou o que valoriza a mulher? A sua maneira de vestir? Se comportadinha, não os interessa. Se estiver mostrando o seu corpo, é vulgar demais. Concordo que tem momentos e local para tudo isso, mas pergunto: O que valorizamos num (a) companheiro (a)?

Algumas qualidades são necessárias: a sinceridade, a lealdade, o respeito, a confiança... O perfil é algo bem diversificado, a quem gosta do recatado, a quem prefere o extrovertido, e assim, vivem desta busca desenfreada da tal felicidade amorosa.

Sinceramente, jamais vamos encontrar a pessoa certa. Jamais encontraremos a pessoa dos nossos sonhos. Príncipe, princesa não existe. Existe sim, aquela pessoa certa do momento, da situação, da química, dos gostos, da mania... Mas jamais perfeita.

Estamos sujeitos a erros a cada segundo, uma deslizada momentânea também. Afirmo que um relacionamento é igual uma sociedade, é preciso ter flexibilidade e saber o momento de virar o jogo. Acredito que quando se acaba o encanto a relação tende a balançar.

Por fim, vivemos períodos de instabilidade nos relacionamentos. Um fato é real, quando estamos bem e principalmente felizes, sempre surge alguém contra ou fora da história para fazer fofoca maldosa e assim, fechando com chave de ouro a relação. Livre-se e se vacine destes tipos de situação. É claro que não podemos fechar os olhos e os ouvidos para tudo, mas se policiar e verificar as veracidades das informações.


18.05.2007
* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigada!

** Esta crônica foi artigo destaque no site Katatudo, datada em 24/05/2007, veja:
http://www.katatudo.com.br/katatudonews/29/artigos/948662

Graciele Gessner
Enviado por Graciele Gessner em 18/09/2007
Reeditado em 19/04/2009
Código do texto: T657697
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora Graciele Gessner). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Graciele Gessner
Timbó - Santa Catarina - Brasil
963 textos (126618 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 02:47)
Graciele Gessner