Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA VERÔNICA MARZULLO DE BRITO

PREFÁCIO PARA O LIVRO MOTO CONTÍNUO
DE VERÔNICA MARZULLO DE BRITO

        Quando recebi a notícia da premiação de Verônica Marzullo de Brito pelo concurso de poesias da Editora do Carmo, percebi que despontava para o mundo, naquele momento, uma grande poetisa. Conheci  Verônica em 2015 e, a partir daí, com o decorrer de nosso relacionamento, vejo a sua poesia em processo de ebulição.
           As experimentações que Verônica faz em sua escrita retomam a arte poética proposta por Aristóteles e os grandes poetas clássicos ou árcades, ou parnasianos, e que foi abandonada pelos poetas modernistas.
          A febre modernista contaminou poetas e críticos literários; estes, incapazes de avançar além do modernismo e propor uma nova poética. O que Verônica propõe é uma oxigenação da poesia, revitalizando-a com visitações a estilos considerados por muitos como passadistas e ultrapassados.
          Tais experimentações podem ser uma nova linguagem poética que dá sinais de vida, num momento em que a mesmice põe em risco a existência e a continuidade da poesia.

Nelson Marzullo Tangerini, escritor.
nmtangerini@outlook.com
Nelson Marzullo Tangerini
Enviado por Nelson Marzullo Tangerini em 28/07/2019
Reeditado em 28/07/2019
Código do texto: T6706441
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Marzullo Tangerini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
310 textos (23957 leituras)
9 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 17:13)
Nelson Marzullo Tangerini