Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É bom ser universitário...

Qual o sentido de tudo, se tudo é feito sem sentido?
Prazer vem se tornando coisa rara. Só o que é por obrigação, é o que fazemos.
Conhecimento teórico é a meta! Não deixe de acumulá-lo. Porque? É o que o meio determina. Apenas faça, e nem pense em reclamar... desse jeito não estará perdendo tempo em realizar suas obrigações.

Fez suas tarefas de casa? Aposto que não. Não liga... logo passa.
Viu seus/suas amigos/amigas nos últimos dias? Com certeza não!
Sabe dizer se eles precisam de você? Provavelmente sim!
E você, precisou deles? Muito muito e muito!

Ah, e aquele filme emocionante que queria muito ver, deu pra assistir? Xiiii... é uma pena...
Saiu pra lanchar ou conversar besteira por aí? Sentiu falta das coisas tão simples da vida, que na verdade muito te importam e te fazem bem?
E aquela garota super especial que você tanto gosta? Deu pra ir ver ela? Acredito que só uma ligação de poucos minutos foi feita, né?...

Percebo que sua vida não está aquela maravilha.
Suponho que no seu vocabulário só exista ultimamente palavras como: estresse, obrigação, pressão, responsabilidade...
Tem também usado muito aqueles velhos comprimidos para dor de cabeça... e como você tem tido ela... “que fase hein?”

É amigo, já dizia o poeta: “a vida é dura para àqueles que são moles”. Mas qual o sentido de “mole”? Também queria saber. Esse é mais um conhecimento pra você adquirir, portanto corra atrás.

Será que todas essas maltraçadas linhas teve algum sentido?
Sei lá...
Quer saber!? É bom não perder tempo procurando saber.

Tá fazendo o quê ainda lendo isto?
Não esqueça do trabalho, dos artigos, das provas, das leituras, das fotos, do programa... do... da... de...
Ah, aproveita e não esquece que existe VIDA após o purgatório.

Arranje tempo pra viver... não só para existir!!!
Bruno Soares
Enviado por Bruno Soares em 27/09/2007
Código do texto: T671128

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar Bruno Soares e o link para o site www.brunosoares57.wordpress.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Soares
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 31 anos
2 textos (232 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 23:38)