Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REENCANTADO POR VOCÊ!

Dizem que mineiro é desconfiado por natureza. Sei não! Prefiro acreditar que somos sim, precavidos. É como o ditado popular: "caldo de galinha e precaução não faz mal a ninguém!" Convenhamos, viver assim tem suas delimitações. Parece contraditório, mas quem muito se fecha para o mundo, com medo de todos e de tudo, também não se delicia deveras de uma vida com muitas amizades repletas de agradáveis surpresas.

Assim tento buscar respaldo para afirmar que, embora o mundo hoje nos ofereça várias possibilidades de se fazer amizades, haja vista a gama tecnológica que estamos envolvidos, digo e reafirmo que o contato corpo a corpo é imprescindível. O aperto de mãos, o abraço, enfim, o olhar do outro, tudo isso são espécies de enlaces que, infelizmente, a palavra escrita, por mais bem escrita, ainda não superou.

Respeito aqueles que pensam o contrário, mas me perdoem, muita vez, a janela da alma como bem dito por Machado de Assis, pelo olhar nos tornamos reféns do outro. O olhar oblíquo e dissimulado é um sem quê de inexplicável para as palavras, ante a realidade de se olhar frente a frente o outro.

Assim ocorreu comigo, uma deliciosa surpresa de encontrar alguém que faz parte de nossa família do Recanto das Letras, por inexplicável acaso do destino. Ela pediu-me para não revelar o nome, respeito. Eu tenho que confessar que já tinha lido algumas de suas escritas, e, por mais que eu quisesse supor como ela seria pessoalmente, estaria semeando pétalas aos porcos... que não sabem o valor de uma rosa, ainda que desfeita, o seu perfume ainda persiste em continuar ligando uma a uma das pétalas.

Fiquei deveras reencantado por você, principalmente quando me disse que seus netos que lhe impulsionou a escrever. Como a Vida é Bela! E olha  que não esquecerei de lhe telefonar, marcando o dia para eu ir ao seu Sítio ver como são bem tratadas suas tão bem comentadas orquídeas. Prometo que não irei jogar nenhuma pétala fora, acredito no efêmero valor da flor!

Clovis RF
Enviado por Clovis RF em 28/09/2007
Código do texto: T672652
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Clovis RF
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
261 textos (326381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 11:51)