Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A IDADE QUE TENHO/ HOMENAGEM AO DIA DO IDOSO

Tenho eu sei a idade do idoso, mas não me sinto assim,
tenho a idade que quero, com as limitações que meu corpo
impõe, mas posso tudo.
Andar na praia, catar conchinhas, fazer castelos na areia,
um coração com nossos nomes dentro dele.
Sentar num balanço, e sentir a brisa no meu rosto, que tem
rugas sim, mas são marcas de uma vida plena de felicidade.
Abraçar bem forte meus amigos, e dizer eu te amo, todos os dias
aos meus maiores amores.
Viajar e conhecer novos lugares, e ficar deslumbradas com as paisagens
que ainda posso ver.
Sentir o cheiro do mar, e ouvir os sons das ondas quando batem nos rochedos,
sentir que meu coração bate forte, quando meu amor me olha com carinho,
ou quando olho os filhos crescidos e saber que fiz a minha parte...
Que sofri, chorei, sorri e vivi e que tenho muito a fazer ainda.
Quero ter netos, ensinar a eles a brincar de roda, amarelinha ou jogar bola de gude,
contar histórias, fazer pipas e olhar bem dentro dos olhos deles, e ver a vida brotando de novo, e quem sabe, ensinar que a vida pode ser uma poesia, com uma música linda de fundo.
E me encantar com a vida, cada dia que o Senhor me dá como o melhor presente.
A idade que tenho, é aquela que quero ter e isso me basta para ser feliz...
Luiza Porto
Enviado por Luiza Porto em 29/09/2007
Código do texto: T672983
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Porto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
468 textos (35577 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 04:41)
Luiza Porto