Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tem modos e ter modos

  Falem, gritem (AH, e... aqui, não sigo obrigatoriamente uma ordem:), divulguem, façam um "strip", dancem no apezinho mais próximo ou em uma pequena moto, fechem a rua, contratem umas dez bandas, e votem! Votem mais uma vez, por gentileza...
  No país do politicamente correto, não há mais negro, mas afro-brasileiro ou afro-descendente, nem há mais cego, mas deficiente visual, nem se vê ou diz tampouco macumbeiro, mas umbandista!
  É... Há milhares de outros casos, mas... Não! ALIÁS, semana passada, creio ter ouvido em relação às lésbicas um provável sinônimo (Não vale rir, O.K.?!): "Mulher esclarecida"!!  ...Hunf! Como assim?! AH, claro: Agora me lembro, deve ser "esclarecida" porque elas são entendidas!! Mas, porém, não obstante...  a pergunta que jamais se deve prender: Por que não dizer "lésbicas" ...pura e simplesmente?! Ou por que não dizer "luso-brasileiros" em relação aos ditos brancos daqui?! Ou, então, por que dizer "católicos", se nem todos são apostólicos?! É... Pois é, né?! E onde é que se enfia o "romano", hein?!?  ...Não, não... Por Deus, não respondam...
  Será possível que o próprio alvo, tantas vezes bombardeado, não conhece frases como estas, por exemplo:
 
  – Ei, neguinha! Vem cá, vem!
 
Ou:
 
  – Ô, (minha) neguinha... Venha cá, venha!
 
Pronto: Fim de questão!!
  MAS... Já encabecei um belo grupo de heróis do futuro (Aqui, nos limites territoriais, é claro!): Um "gay", uma lésbica, um velho pajé ...ou guerreiro indígena ao gosto de José de Alencar ...ou amazona semi-nua (...P/ aumentar alguns pontinhos de audiência, né...?!), um aleijado, um pequeno grupo interior composto só por feministas, um marombeiro, um macumbeiro, uma gordinha, uma "sancta" evangélica ...ou evangélica-santa ...que ama secretamente o macumbeiro do grupo, um cotista, um pseudo-roqueiro que escuta, baixinho, na despensa o melhor da swingueira e que ainda se "transveste" à noite com os ternos do pai ...bom, e talvez mais um "nerd", uma viciada ...e por aí vai ...ou vamos nós, quem sabe...
  Na verdade, negada... Ô, perdão... Mil perdões, senhores... Quis dizer: "Afro-brasileirada"... Sim! Na verdade, enfim, creio que precisamos, nós ...brasileiros, de mais quinhentos e poucos anos só p/ dizer e ter certeza, através de uma educação decente ou de compromisso, que não estamos inteiramente cegos ou perdidos!!
  Não: "Cegos", "cegos"...  É melhor!!  ...P/ esfacelar o cisco nosso de cada dia  ...ou, então, o circo(?)!

a 09-09-06
Luciano Almeida
Enviado por Luciano Almeida em 29/09/2007
Código do texto: T673379

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Almeida
Teresina - Piauí - Brasil, 38 anos
957 textos (39684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 04:41)
Luciano Almeida