Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estar de azul

Já falei em outras ocasiões sobre as sensações que uma roupa toda azul me suscita. São basicamente duas: recordação da infância e estado de alma bom, isto é, paz interior e exterior.

Mas por esses dias estou num imenso turbilhão, engolfado por ondas de problemas, cansado, abatido. E estou me vestindo de azul, saí com roupa azul por dois dias seguidos.

Não, não estou de bem com a vida. Nem estou de bem comigo mesmo. Muito menos pretendo lembrar da infância agora. Aliás, lembrar qualquer época pregressa não alterará em nada os problemas. Pelo contrário: vai até torná-los mais doloridos pois verei a senda que trilhei e que me conduziu da inocência de ser criança para a desestrutura e incompetência do mundo adulto.

Escrevo assim porque ninguém me contou que existe inferno astral depois do aniversário; que se a gente não se cuidar entra num turbilhão e fica deixando coisas e mias coisas por fazer e, ao mesmo tempo, deixa de SER: gente, feliz e desimpedido...

Fica a pergunta: porque, então, manter a vestimenta azul? Uma resposta poderia ser simplesmente a falta de opções de cores no guarda-roupa, que não é o caso. Assim, resta uma outra, mais poética um pouco.

Eu poderia alegar que mesmo em meio a furacões e tempestades o céu permanece azul, ainda que seja, às vezes, um azul escuro e quase negro. Para ver o azul, será necessário voar ainda mais alto que as intempéries todas e, então, manter uma roupa azul seria o ponto e partida desse vôo salvador.
Ailton Augusto
Enviado por Ailton Augusto em 14/10/2007
Código do texto: T694210
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e o link para o original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ailton Augusto
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
60 textos (3109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:50)
Ailton Augusto