Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAINDO DO CASULO

Não me surpreendeu aquele vento já previsto pelo serviço de meteorologia.
Da janela da minha sala vejo uma floresta, embora viva em plena Copacabana
As folhas, amarelecidas, saem a voar como se fossem borboletas libertar de seus casulos
Nesse momento meu pensamento me leva a fazer uma analogia com os filhos que, como se tivessem asas, saem a voar pelo mundo.
É claro que vamos sentir falta deles, mas eles são pássaros que nasceram para voar e, se não o fizeram ainda, é porque não estão prontos.
Vá se acostumando com a ideia para não sofrer. Procure ter sua vida própria para não viver a vida deles. Seja uma mãe presente sempre que eles necessitarem, mas não se intrometa demais na vida deles e muito menos na vida de suas noras.
edina bravo
Enviado por edina bravo em 30/06/2020
Código do texto: T6992500
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
edina bravo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
395 textos (18595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/07/20 17:37)
edina bravo