Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEMÔNIOS

Demo, demônios, capeta, diabo, satanás, cão, inimigo, Alma sebosa, entre outros. São adjetivos do mal. No entanto entendo que o mal é produzido pelo próprio homem. Por que não colocá-lo também nessa adjetivação?

Se o desmatamento da natureza é diariamente provocado pelo homo sapiens, acreditamos que pode ser considerado como um mal contra a natureza. Porém, este homem pode ser um DEMO. Se este indivíduo se une para formar grupos com sentidos terroristicos, matando milhares de pessoas. Este ser também pode ser considerado DEMO. E assim por diante.

Observando o dia-a-dia, notamos jovens perdidos sem nenhuma perspectiva de vida. Claro, isso provocado pelo grande mal que é a falta de educação: social, religiosa, política e cultural do ser. A isso nos esquecemos de chamar de DEMO. Ora, se o mal vem de seres criados pela mente humana, devemos associar o tal à própria mente. Se o individuo passa a ter relacionamentos de amor, carinho, afeto e outros, isso o levará a um comportamento de santidade. Mas, será que o livrará de relacionar-se com o mal? Ou seja, com o DEMO?

É são tantas as adjetivações se relações, que nós ficamos realmente confundidos. Vamos e convenhamos, aprende-se na escola que: DEMOCRACIA é o Governo do povo. Então, chego a conclusão que o povo é realmente o Demo. Kkkkkk! Será que é isso mesmo? Sei lá, estou tão confuso.

Segundo algumas religiões ele é um ser intermediário entre o Homem e Deus. Mas como?  Se dizem que ele é o mal? Os gregos, originalmente acreditavam que ele poderia ser um ser benigno.

Na maioria das culturas é um ser aterrorizante, com chifres, rabo, olhos Flamejantes e outros. Há ainda quem o tenha como um ser de conhecimentos, não necessariamente representante do mal. E ai? Na antiguidade ele fora responsabilizado por coisas malignas como: Doenças, desastres e muitos outros.

Já para o espiritismo, eles são considerados espíritos ignorantes, que ainda não conhece o amor, como outros espíritos eles estão em estado de evolução. Quando eles conhecem o amor eles do mau se afastam,

“Do ponto de vista cientifico o bem e o mal, o frio e o calor, a noite o dia, o escuro e o claro, não existem, tudo são coisas transitórias e dependem de dos sentidos e das sensações dos seres vivos”. Ou seja, como fora dito acima é coisa da mente.

Para finalizar e com mais duvida ainda do que somos, parafraseio o imortal Raul Seixas, “...Prefiro ser esta metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo, sobre o que é o amor , sobre o que eu nem sei que sou...” E o Demônio?
DEUSAMAE
Enviado por DEUSAMAE em 22/10/2007
Código do texto: T705032
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DEUSAMAE
Rio Largo - Alagoas - Brasil, 68 anos
6 textos (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 02:35)
DEUSAMAE