Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MUNDO EM SUAS MÃOS

"Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim,
a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.
Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por minha causa achá-la-á.

Pois que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará o homem em troca da sua alma?
Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos, e, então, retribuirá a cada um conforme as suas obras"
(MATEUS 16:24-27).

O momento presente pode ser definido como a época em que o ser humano conseguiu autonomia; Mas (m muitos aspectos):
O MUNDO ESTÁ EM SUAS MÃOS.

Enquanto adultos e jovens disputam trabalho nos lixões de grandes centros urbanos,
enfermos e doentes disputam uma vaga nas filas da previdência pública,
jovens e crianças se prostituem a preço de bananas
enquanto jovens e adolescentes brincam de novelas – jogando no esgoto ou no lixo o resultado da gravidez verdadeira.

Existem algumas bandas ou grupos (musicais) que surrupiam o pão de cada dia nas lojas oficiais, ou através da pirataria que engorda o patrimônio de bandidos e financia o tráfico de drogas

Aparentemente os artistas estariam no prejuízo; Contudo, a produção termina beneficiada pela propaganda gratuíta dos produtos piratas
- muitos compram o original após analisar a qualidade do produto através de cópias piratas; comprando algo de que realmente gosta, após ver o rascunho.

Se pirataria é crime, porque não combater o mal pela raiz, tornando o produto original mais barato?
Porque não reduzir a margem de lucros das multinacionais?
Porque não haver um maior controle pelo fisco sobre as empresas que produzem ou vendem a matéria-prima que dá suporte a pirataria?

Porque o maior objetivo de quem vende é o lucro?

Porque qualquer pessoa tem acesso fácil a material para reprodução?

Enquanto isso:
O congresso nacional brinca com a paciência do povo.

Milhares de professores fazem de conta que ensinam e milhões de alunos fazem de conta que aprendem; enquanto a cultura continua dependendo de guerreiros do passado ou de quem, a despeito do risco não se preocupa com o sucesso de fachada que há muito quebrou todos os tabus e destruiu a ilusão do que seja essencial para uma vida melhor.

A sociedade reclama que o jovem de hoje não presta, fazendo de conta que a juventude não seria conseqüência do estilo de vida dos adultos atuais - que, enquanto reclamam da falta de propósito do jovem de hoje,
Se acham (esses adultos) modelos de virtude e, ensaiam uma ponte de comunicação com a classe mais jovem,
estimulando o adolescente que, é o futuro da nação a comemorar no BRASIL  a festa das bruxas - fruto da cultura americana ou as garanhetas desta vida - que sendo um produto popular da Bahia, não tem nada a ver com a sociedade pernambucana ou da terra de Simoa Gomes (Garanhuns).


O texto foi aperfeiçoado em 17/07/2009.
fchagass
Enviado por fchagass em 30/10/2007
Reeditado em 17/07/2009
Código do texto: T716195
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fchagass
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 59 anos
9260 textos (452851 leituras)
1 e-livros (231 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 23:47)
fchagass

Site do Escritor