Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Janela ensolarada n:2


JANELA ENSOLARADA N: 2

Caraca maluco mó calor, to indo pro centro da cidade, ou melhor, tentando. Resolvi sair mais cedo de casa, pois pensei em ganhar mais tempo pra fazer o que tinha, mas, besteira menino só no pensamento. Terça feira, trinta  de outubro de dois mil e sete nove horas da manhã assando num sol que parecia que era de quarenta graus, o transito parado ( que beleza) eu tentando me esconder na sombra da coluna , da janela ensolarada do busao, como sempre lotado inda mais que não anda, nem no corredor exclusivo. Dois camaradas no banco de traz conversam animados contando um pro outro, e pra todo mundo ouvir historias de cornos de conhecidos seus. O tempo passa o busao não anda da, e  da janela ensolarada (e como) vejo só carros parados busao lotado, rostos cansados, sinfonias variadas de celulares, gente explicando porque ta atrasado, aqui ali acima do papo do dois um comentário, indignado frustrado, olhando as horas desconsolado, com tanta gente eu também, to apertado mesmo estando sentado
Escrevo pra passar o tempo, e ainda fico bronzeado na janela ensolarada do busao.

30/10/2007 J.Alves
JAlves
Enviado por JAlves em 30/10/2007
Código do texto: T716915

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (J. Alves http://www.recantodasletras.com.br/autores/jalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAlves
São Paulo - São Paulo - Brasil
102 textos (11542 leituras)
16 áudios (2199 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 03:21)
JAlves