Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Parabéns, Jornalistas!

Ontem foi dia do jornalista e quero homenagear esses profissionais que, neste momento terrível pelo qual passamos, prestam o inestimável serviço de orientar a população, já que o Governo, detentor de tal obrigação, não o faz e, ao contrário, agarrado à necessidade de proteger a economia, cuja recuperação parece ser indispensável para a reeleição, optou pelo negacionismo e, além de prejudicar os esforços de governadores e prefeitos para reduzir o contágio, ainda investiu contra a vacina.
É inegável que a neutralidade seria uma característica fundamental ao bom jornalismo. Fatos, e apenas estes, seriam divulgados à população para que esta interpretasse e tomasse suas próprias conclusões, embora algumas notícias envolvam conhecimentos mais profundos e implicações técnicas, inalcançáveis para a maioria de nós, como os meandros de nossa complexa legislação ou as formas de funcionamento dos imunizantes, por exemplo. Nessa seara, faz-se necessário que o repórter se informe, pesquise, ouça especialistas. E dê voz ao contraditório, àquele que possa apresentar elementos - sempre pautados na realidade e na ciência - que se oponham ao senso comum, para permitir o debate de ideias.
Infelizmente, não apenas no Brasil, a mídia se posiciona e, mesmo sem proferir inverdades, leva o leitor ou espectador a concluir conforme seus interesses, nem sempre os mais nobres. Nesta linha, podemos citar os desmandos da Lava Jato que conduziram o País ao desastre em que se encontra.
Ainda pior, são os profissionais que, uma vez partidários, por salário ou paixão, não apenas manipulam as informações. Eles mentem. Em geral, sem espaço na imprensa séria, produzem seu universo paralelo em jornalecos ou no paraíso das fake news: as redes sociais.
Ok! Parei. Era para ser um texto de homenagem e acabou contaminado por uma reportagem que li mais cedo, de um proscrito que representa os dois parágrafos acima.
Mas, fica aqui o meu carinho para todos os outros. Aqueles, que fizeram, da verdade, profissão.

 
Texto publicado na minha coluna semanal do jornal Alô Brasília.
Veja no jornal acessando:
http://alo.com.br/impresso/qui-08-04-2021/
Estou na página 7, Vida e Lazer.

Image daqui.
Nena Medeiros
Enviado por Nena Medeiros em 08/04/2021
Reeditado em 08/04/2021
Código do texto: T7226792
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Nena Medeiros
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 54 anos
1262 textos (321700 leituras)
13 áudios (837 audições)
2 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 10:30)
Nena Medeiros

Site do Escritor