Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do latim: anxietate

     Todas as palavras têm uma origem. Ansiedade não foge à regra. Vem do Latim "anxietate". Engraçado, por três anos estudei latim na faculdade, mas não me lembro de ter me deparado com "anxietate", nas aulas.
     Em compensação... "anxietate" me acompanha desde não sei quando!!!
     Causa, esta "bella dona", uma junta de sinais em nosso corpo, em nossas emoções, em nosso pensamento e, se não tivermos autocontrole, vai tudo por água abaixo! Como e o que fazer, então?
     Racionalizar... seria esta uma resposta? Ou uma opção de resposta? Letra (a) ou letra (b)? Qual delas você marcaria?
     Ainda mais quando o que vemos é apenas a ponta de um iceberg. Tanto há para ser analisado, explorado, pesquisado, um "desejo de saber mais", que deve ser dosado com um "cuidado para não asfixiar a situação".
     Medo, ânsia, curiosidade, esperança, felicidade... tudo mesclado e liquidificado dentro de nós. É um misto que faz com que cada um seja bem diferente do outro. E que diferença!!!
     Maturidade. Também vem do Latim "maturitate". É isso que conseguimos ao longo do tempo, ou melhor, ao longo das experiências vividas. E sofridas. Aliás, quanto maior o sofrimento, maior a maturidade. É fato. O jeito é ir buscando dentro de si mesmo a calma, a tranqüilidade, a paciência, a fé.

05/11/2007
Erika Ferraz Ueoka
Enviado por Erika Ferraz Ueoka em 05/11/2007
Reeditado em 08/11/2007
Código do texto: T725040

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Erika Ferraz Ueoka
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 40 anos
45 textos (4051 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:55)
Erika Ferraz Ueoka