Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE EXEMPLAR

          Ontem, presenciei uma cena que me chamou bastante a  atenção: vi uma mamãe andorinha trazendo comida para os seus cinco filhotes em um ninho feito junto a um telhado baixo. Quando as pessoas curiosas aproximavam-se para ver os filhotes, a andorinha investia contra os curiosos a fim de expulsá-los dali. Depois continuava a sua missão de alimentar os filhotes, regurgitando em seus minúsculos bicos, o alimento para mantê-los vivos.
          Muitas mães humanas, que são desumanas e abandonam os seus filhos, deveriam ver em ação aquela mamãe andorinha e aprenderem com ela. Aprenderem a lição de garra em defender e alimentar seus filhotes, quando tantas mães humanas são às vêzes capazes de matarem os próprios filhos, somente para fugir da responsabilidade de criá-los. Existem mães, que não matam os filhos, mas agem como se os tivesse matado, entregando-os a estranhos, parentes e, às vêzes aos avós e, não assumindo em nenhum momento, a condição de quem os pariu. São mulheres totalmente insensíveis e irresponsáveis que querem somente o sexo e o prazer sem nenhuma responsabilidade. Mulheres assim, estão fadadas ao sofrimento, porque sempre irão encontrar homens sem escrúpulos que também só querem sexo e prazer sem nenhuma responsabilidade, ainda mais em se tratando de filhos.
          O retrato das atitudes de pais irresponsáveis está em toda parte: nas calçadas da vida, no uso das drogas, nos presídios e, principalmente nos corações dos filhos que se sentem rejeitados  pelos próprios pais, o que é muito triste. Filhos que não são amados pelos próprios pais, na maioria das vêzes, se transformam em monstros humanos, porque são filhos de monstros humanos, que são incapazes de demonstrar o mínimo de amor em relação aos seres que geraram. Talvez isso aconteça, porque vivemos em um mundo onde todos amam o dinheiro e empenham todo o tempo disponível para ganhar dinheiro, não percebendo na maioria das vêzes, que estão perdendo o amor dos filhos e da família. Pessoas que amam extremamente o dinheiro acima de todas as coisas, poderão ter todo o dinheiro do mundo, porque empenham tempo nisso. O perigo maior, é ter tempo demais para ganhar dinheiro e, não ter nehum tempo para ganhar a própria família, o amor da espôsa e dos filhos. Muitos casamentos são destruídos exatamente por esse fator. O perigo maior é quando homens e mulheres fazem do próprio bolso, o seu ponto mais sensível, porque atestam para si mesmos, já não possuirem nenhuma sensibilidade, nem mesmo a de amar os próprios filhos, a própria família, cuja tendência é desmoronar-se.
          Eu sei porém o segrêdo de a mamãe andorinha tratar na cena que presenciei, os seus filhotes com garra e amor: é porque os animais não freqüentam fila de banco e nem correm desesperadamente atrás de dinheiro, colocando-o em primeiro lugar e sendo infeliz por opção, tornando-se escravo de um pedaço de papel impresso.
          O que o mundo precisa conhecer é Jesus Cristo, que da mesma forma que cuida dos passarinhos e de todos os animais, cuida também do ser humano que é a obra prima da criação elaborada pelo Deus Triúno e Criador de todas as coisas.
          O que especialmente mães irresponsáveis precisam aprenderem, é não abandonarem os seus filhos em hipótese alguma. É ter a garra e o amor necessários para defenderem os seus filhos a qualquer preço, seguindo o exemplo da mamãe andorinha na cena que eu presenciei, a defender e alimentar os seus filhotes, me ensinando mais uma lição de vida, fazendo-me ver no seu vôo e na sua luta em pról dos filhotes, uma mãe exemplar, o que muitas mães humanas não são e jamais serão.
Antonio Alves
Enviado por Antonio Alves em 07/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T726941
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Alves
Serra - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
4711 textos (116726 leituras)
10 áudios (3165 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 06:44)
Antonio Alves