Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao pé - do - ouvido

Antigamente os amantes, ah, os amantes... encontravam-se às escondidas.
Um banco de jardim, uma sessão de cinema, uma missa na capela; tudo era motivo para um encontro fortuito.
As donzelas espreitavam seu príncipe, atrás da janela.
Casavam-se sem saber quem e como...
Quantas passaram a vida sem saber o que é um orgasmo.

Fazer filhos era tudo que deveriam saber , por baixo dos lençóis.
Aos homens, tudo era permitido. Experiências com as mulheres pagas ,
incentivados pelos próprios pais.
Até hoje ,há resquícios desse ranço, haja vista que muitos se casam , ou têm alguém , um amor constante, porém não ficam sem contato com "amigas", para se sentirem mais viris.SERÁ?
Inúmeras são as salas de encontro, pela internet, onde pessoas procuram pessoas, mostram-se sem medo e pudor; e se expõem ao perigo, só de ver uma mulherzinha, uma foto dela; nem mesmo se intimidam, ao marcar encontros.
Pobre Adão.
Se não fosse a EVA...

     GARDÊNIA





gardênia
Enviado por gardênia em 20/11/2007
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T745049
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gardênia
São Paulo - São Paulo - Brasil
398 textos (11601 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 02:37)
gardênia