Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONVIVENDO COM A CRISE (DOS 40)

      Encontrei um conhecido que já passou dos 70.  Dizia: - A primeira vez que me chamaram de velho eu não acreditei. Caminhava pela Avenida Sete, em Bagé, quando alguém, de longe, saudou, e ai velho? Não quis acreditar que fosse comigo, dei mais alguns passos, disfarcei, olhei para trás, nenhum velho na rua. Imaginei, entrou em alguma loja. Dias depois estava numa festa em minha comunidade quando um amigo se chegou, me bateu no ombro e disse: - Como é que tá, velho? Desta vez não havia dúvida, era comigo.

      Acho que já passei da crise dos 40 e chegando aos cinqüenta tenho, sem problemas, uma convicção de que estou mais pra lá do que pra cá. Meus amigos também estão pelos 40. Uns já passaram pela crise, outros nem entraram e outros estão com a mesma, no auge.

      É uma fase complicada. De repente o cara se dá conta de que tem um homem dentro de casa, e não é ele, é o filho, ufa, ainda bem. Outro se dá conta de que a filha arrumou um cara tão malandro quanto ele havia sido e trouxe pra dentro de casa. Isso não serve para a minha filha!

      Cada um vive a crise ao seu modo, mas seguidamente o tempo de vida do pai é o tempo base. O meu viveu 72 anos, de forma que quando estava para fazer 48 cheguei à conclusão de que se aproximava a minha terceira idade. Resultado, crise. Menos mal que dos 40.

      O tempo e a convivência com os semelhantes tudo resolve. Acostumei com as histórias de ¨tio¨ e com os irônicos ¨senhor¨. O pessoal nesta fase fala muito e não são poucas as histórias que se ouvem. O certo é que os fracassos omitidos são bem freqüentes.

      Cinco amigos quarentões foram participar de um Congresso em São Paulo. À noite foram para uma boate, ou algo que o valha, escolhida pelos paulistas. De madrugada, uns por excesso de exigência, outros porque as bonitinhas eram profissionais, estavam conversando, desacompanhados, quando um falou:
      - Podiam ter nos trazido para um lugar melhor. Este aqui está médio nível.
      - Médio nível são estas mulheres, disse outro. Podíamos ter ido para algum lugar onde o padrão fosse melhor.
      Um outro membro do grupo concluiu:
      - O pior é que não estão nos dando bola.
Marco Antônio Canto
Enviado por Marco Antônio Canto em 20/11/2007
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T745256
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Antônio Canto
Hulha Negra - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
71 textos (10085 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:51)
Marco Antônio Canto