Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ninguém cai do nada!

Ninguém cai do nada!

Em" pegadinhas" é dá para ver bem: Uma pessoa vem andando, olha para algo que lhe chamou a atenção, tropeça numa lixeira, a lixeira vai parar por entre as pernas da pessoa fazendo com que se desequilibre mais ainda e se apoie em uma outra que vem passando fazendo com que esta segunda, deixe cair uma dúzia de laranjas que estava trazendo do mercado em uma sacola de papel e para terminar tudo ainda com mais graça: a rua era uma ladeira!
Se esta mesma pessoa for contar o que houve para um amigo dirá: "Caí do nada!" Mas não foi bem assim! Podemos ver a cima, passo-a-passo o que houve e  "nos fazer rir".
É assim em todas as partes de nossas vidas!
No trabalho tudo vai bem até que começamos a relaxar e deixar "vida nos levar", (como diz aquele pagode). Então o tombo é certo!
No casamento as coisas estão indo as mil maravilhas e começamos a deixar um pouco de lado os carinhos, começamos a cobrar de mais, os elogios já ficaram para trás e veremos que o tombo será certo.
Na criação dos filhos ocorre o mesmo! O filho cresce um pouco e tornasse um adolescente que desde pequeno nunca deu trabalho e sempre foi bastante responsável e logo deixamos de nos preocupar com suas atitudes e amizades achando que já é uma pessoa com o caráter totalmente formado e logo veremos que o tombo será certo. Só que nesta situação o que cai é o adolescente. E não cairá por culpa dele porque quando ele mais precisou de auxílio, não o teve.
É assim também em nossa vida espiritual!
Começamos a nos achegar a Cristo meio que ressabiados, vamos gostando do carinho Dele, nos apaixonamos e começamos a ter uma intimidade maravilhosa com Ele. Começamos a Conhecê-lo bem! Saber o que gosta e não gosta. Lemos sua Palavra como se fosse água para aquele que está no deserto. E ela é a água que sacia nossa sede de Deus! Mas logo vamos nos boicotando com relação a intimidade do Jesus. Começamos a "achar o que Ele acharia"! O seja: Por achar que o conhecemos tanto, e achar que temos a mente de Cristo, ficamos deduzindo se o que estamos fazendo é certo ou não pelo nossos próprios parâmetros de certo e errado e não pelos de Deus.
Começamos a achar que: eu não preciso ler a Bíblia diariamente já que "no ano passado eu consegui um feito incrível: Li a Bíblia toda de Gênesis a Apocalipse" então para que ler tudo de novo? Prepare-se para a queda!
 Nos esquecemos que bebemos água diariamente e comemos diariamente. E não existe dieta para as coisas de Deus. Devemos ser obesos de tanto que comemos da Palavra.
Começamos achar que: se eu for até uma boate eu poderei encontra alguém para evangelizar e falar bastante de Deus  para ela. Falar bastante alto, é claro! Por que numa boate, só falando alto! Prepare-se para "ralar o joelho"!
 Começamos achar que: já que eu e minha namorada estamos juntos a tantos anos, é como se fossemos casados e então podemos começar a manter relações sexuais como marido e mulher. Esse tombo será feio!
Começamos a achar um monte de coisas para saciar nosso sonhos e desejos do nosso coração. Sonhos e desejos estes que estão bem distantes de Deus já que a palavra de Deus diz que enganoso é o nosso coração. Cuidado porque você pode estar sendo filmado.
Então sorria!
Carlos Barreto
Enviado por Carlos Barreto em 27/11/2007
Código do texto: T754411

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Barreto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 42 anos
118 textos (112020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 19:11)
Carlos Barreto