Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O verdadeiro conto-de-fadas

A vida dela nunca foi um conto de fadas.
Ela não nasceu em berço de ouro, tampouco fora uma princesa
mas assim gostavam de chama-la, então assim foi.

Ela não era eu, mas eu já fui ela.

Ela queria ser uma sereia, apesar de só ter conhecido o mar aos nove anos de idade.
Eu sonhava com todo o glamour daqueles lindos, longos e mágicos vestidos,
que só as fadas-madrinhas sabiam fazer

Ela tinha o rosto da branca de neve
e sonhava com o dia que o doce beijo do príncipe encantado
a despertasse para a felicidade eterna.

Ela tinha medo das feiticeiras, das madrastas malvadas, dos gigantes...
Ela vivia num reino feliz onde todas as criaturas eram encantadas
e onde não havia nenhum fuso de fiar onde ela pudesse espetar o dedo e dormir para sempre.

Para ela, tudo estava perfeito.


Até que um dia ela cresceu... e todo esse faz de conta tornou-se pó, diante de seus olhos.

Não existiam mais sereias. Nem vestidos.
Fada-madrinha, só em estorinha de criança mesmo.
"Rosto da branca de neve?? Sonha querida... você tá mais pra gata borralheira..." Um dia ela ouviu.

A pior das mentiras foi a do príncipe encantado... ela só encontrou sapos.

O mundo é cruel quando todos os seus sonhos infantis morrem. Tudo é real demais pra suportar.
Então, ela sentiu a dor de toda essa realidade... e então ela morreu e virou EU.

Eu não acredito mais em contos de fadas.

Mas uma coisa não morreu, e jamais irá morrer.

A ESPERANÇA DA FELICIDADE ETERNA.





Darkpanthera
Enviado por Darkpanthera em 03/12/2007
Código do texto: T763596

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Deve ser citada a autoria de Debora Carvalho e o site www.fotolog.com/cerejinha17). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Darkpanthera
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
22 textos (4358 leituras)
2 áudios (298 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 11:54)
Darkpanthera