Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA ANDORINHA SÓ NÃO FAZ VERÃO. ( Para discutir valores)






“Uma andorinha só não faz verão”, este é um provérbio muito bem vindo em qualquer situação de convivência nos grupos que desenvolvem um papel social dentro de uma sociedade.
Baseando neste provérbio, quero chamar atenção de cada um que compõe uma equipe escolar. Desde muito cedo a escola passa a fazer parte de nossas vidas. É na escola que conhecemos os primeiros amiguinhos fora do ambiente familiar, também descobrimos nossos primeiros aliados e porque não, nossa primeira paixão. É na escola que aprendemos dar os primeiros passos para o futuro profissional, descobrimos muitos dos nossos sonhos e de nossa verdadeira vocação. Daí veio a frase, a escola é nossa segunda casa. A nossa primeira casa nos passa a sensação de conforto, segurança e proteção, enquanto a segunda, além desses cuidados básicos, nos proporciona uma formação.

Valorizar o espaço da escola é no mínimo uma questão de retribuição e respeito a nós mesmos e aos outros. Cada um que compõe a equipe da comunidade escolar tem papel fundamental para que tudo funcione de forma orquestrada. Nada, nem ninguém funciona bem quando alguém deixa de cumprir a sua parte. Isso implica numa deficiência que se estende desde a limpeza dos espaços escolares até o desempenho do aprendizado de todos, objetivo central de uma escola. A falta do cumprimento de tarefas básicas, como: a questão do lixo, o desperdício, a falta de companheirismo, a dedicação, a parceria, entre outros, pode causar danos irreparáveis em toda a equipe.

Quando jogamos o lixo no chão, estamos desrespeitando o trabalho e a dedicação do profissional da limpeza. Uma atitude que pode trazer para este profissional a frustração de um trabalho pouco valorizado. Da mesma forma podemos frustrar uma direção quando desrespeitamos as normas que rege sua administração. Quem não se sentiria inútil quando realiza um trabalho que ninguém percebe que este está sendo feito? Você já deve ter ouvido alguém comentar: “esta escola está imunda.” No entanto, os profissionais da limpeza, com certeza não ficaram sentados descansando durante seus turnos de trabalho, ou ficaram? Alguém está deixando de cumprir a sua parte dentro deste coletivo. A melhor forma de valorizar o trabalho do outro é nos colocar por alguns segundos no lugar dele.

Saber respeitar a escola é ter a consciência de que a escola é um espaço público, no qual todos tem o mesmo direito de usufruir o que ela nos oferece. Não importa se este espaço público é mantido pelo governo ou se é privado, se você compartilha o mesmo espaço com outras pessoas, o dever é respeitar as normas da boa convivência.
A nossa escola só será um espaço público de destaque se cada um se   destacar na função que lhe cabe, respeitando e valorizando tudo e a todos que nela convivem. Dentro de uma sociedade democrática só há prática da verdadeira democracia quando há respeito, solidariedade, colaboração, parceria e cumplicidade. Não esqueçamos que, UMA ANDORINHA SÓ NÃO FAZ VERÃO.

 
Renilda Viana
Enviado por Renilda Viana em 06/02/2011
Código do texto: T2776534
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Renilda Viana
São Paulo - São Paulo - Brasil
322 textos (56668 leituras)
8 e-livros (2009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 20:22)
Renilda Viana