Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vá viver a vida de um preto

O tom da sua pele o formato do seu nariz as circunferências que seu cabelo tem, altera suas chances de ser feliz...
Em uma terra que desvaloriza a raiz, ter a mesma cor da terra na pele é pedir condenação ao juiz...
Que honra poder dizer que sou preta,
Como tantas outras brasileiras,
E pra quem acha um exagero,
falar sobre o racismo desse jeito,
Sugiro viver por um dia a vida de um preto.
Vá.
Vá viver a vida de um preto,
No gueto,
Se tiver uma boa quantia de dinheiro terá um pouco mais de respeito ,
mas se for pobre mesmo,
 Quando ouvir as sirenes e terá medo.
Verá o quão é triste sofrer da doença do desemprego,
Ouvira como apelido: o preto,
Se a discriminação não estiver no tom,
Seu tom de negro, não é num fosco tão aceso...
Se for ouvira alguém te chamando de macaco quando atravessar a rua em direção a padaria,
"É neguinha mas até que é bonitinha"
Eu ouvi esses dias,
Talvez isso mude um dia,
 mas hoje RACISMO EXISTE :
 Ser preto, indígena, ou imigrante de países mais pobres.
 Coloca no Brasil uma pessoa como tapetes para os que se dizem nobres.
Daniela Priscila
Enviado por Daniela Priscila em 31/10/2018
Reeditado em 16/02/2019
Código do texto: T6490821
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Daniela Priscila D.P.D.S). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daniela Priscila
Arcos - Minas Gerais - Brasil, 21 anos
30 textos (582 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/02/19 03:37)
Daniela Priscila