Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FEL REALIDADE DA HUMANIDADE SEM CRISTO NATAL APÓS NATAL

Não foi o Natal que perdeu o clima, fomos nós que mudamos e que amadurecemos não nos iludindo mais como antes. Antes, quando fogos, presentes e uma ceia colocavam tudo no lugar, apagavam-se os erros, exterminavam-se as mágoas e sumiam todas as inseguranças do futuro, bem como os traumas de um ano inteiro. Hoje a gente sabe que, na verdade, grande parte disso é mera maquiagem, porque logo em seguida ao Jingle Bells absolutamente tudo regressa ao jeito que sempre foi: preconceitos, desconfianças, fofocas/mentiras,  nossos velhos medos... Acho que, em pleno 2018, as pessoas vêm entendendo que casas cheias não preenchem corações vazios, a saudade de  quem encontrou a VELHA SENHORA MORTE e que o amor e o respeito se constroem dia após dia e que sempre devem ser regados por todos. Enfim, a maturidade nos permite ensinar que a maior das mentiras do Natal não é o Papai Noel e sim o lado negro da humanidade que finge amar, tolerar o semelhante e ser CRISTÃO no dia 25 de dezembro e que demonstra todo o fel contrário nos outros demais 364 do ano. Lamentável e sistematicamente assim.
MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA
Enviado por MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA em 25/12/2018
Reeditado em 25/12/2018
Código do texto: T6535463
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA
Itapeva - Minas Gerais - Brasil, 44 anos
504 textos (11855 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 13:56)
MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA