Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manifesto Emo.



Chega de um mundo sem cor, sem arco-íris. Viva ao rosa! Porém, morte as patrícias. Aquelas nojentinhas. Ninguém merece essa concorrência por homem. Odeio, odeio! 1000 vezes. Viva ao blush e ao rímel. Viva o estilo. Eu sou estiloso.

Chega de bofes se achões. Ninguém merece. É triste aquele tipo de boyzinho que só quer te usar... Eu sofro muito com isso. Viva ao homem berinjela. Ele sim é pistoludo...

Chega de preconceito, só porque eu sou emo. Não significa dizer que sou homo.
Só porque uso saia e fico com uns garotos lá do colégio. Não significa nada. Nada! Estou muito triste com isso. Quero minha mãe.

Viva ao cyber-punk! Movimento rosa, para variar! Morte ao português. Odeio-o, nem usa franjinha. Deus salve os garotos da simple pan. Welcome to my life! Morte, morte as baratas. E a todo bicho nojento. Eu morro de medo.

Viva a globalização dos emos! É mais que um estilo é uma adaptação ao meio ambiente. É estiloso.
Marcelo Luna
Enviado por Marcelo Luna em 08/10/2007
Reeditado em 27/01/2008
Código do texto: T686225
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Luna
Juazeiro do Norte - Ceará - Brasil, 30 anos
23 textos (945 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:06)
Marcelo Luna