Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Religião, Política e futebol não se discute!"

Política sempre foi um assunto tóxico! Do contrário o ditado popular não faria sentido algum...

Repare, as grandes guerras religiosas, às guerras políticas e os confrontos de torcedores, queo estão na história à confirmar todo o ódio, repudia e trauma que causam em uma sociedade quando lhe tiram o direito de dialogar sobre pensamentos, idéias e decisões contrárias de forma humanista,  afinal o jeito animalesco já sabemos de suas consequências.

 E triste ver um brasileiro cidadão comum atacando outro brasileiro cidadão comum com palavras de ódio, xingamentos e incitando confronto; como se fazia nos tempos de luta dos avós de nossos avós por um país melhor. E pelo tempo, essa luta já é antiga!

As redes sociais, significativo de evolução dos tempos deveria nos moldar com mais inteligência. Mas não... Estamos a cada avanço de ano e de tecnologia ficando mais raivoso, maldoso, irritado, agressivo, sem paciência, intolerante, debochado, solitário e louco... E sempre negando algum tipo desse sentimento.

O cidadão comum, ou seja, o cidadão que não é militante de partido e nem apoia algum tipo de político, vê o caos e se cala pq já têm muita gente defendendo ideias que são unicamente suas e benéficas apenas pra si... E daí esse cidadão simples, que as vezes fala errado, escreve errado mas consegue passar sua idéia ou mensagem de um jeito claro, so quer ser ouvido e precisa ser ouvido! Qual o problema em ouvir a simplicidade relatando sua realidade? Qual o problema de ler algo cheio de erros gramaticais se o Brasil ainda não era para uma minoria que não teve oportunidade de estudar? Qual o problema de debater ao invés de atacar?

Quem mais fere sempre é aquele que passa imagem de sábio e ao ferir, usa seus títulos para limpar o que excreta pela sua esfíncter intelectualizada!

Já me falaram que na política não tem espaço para educação... E confirmamos que nunca terá, visto que a própria educação nunca teve um projeto positivo para a classe em geral.

Tda equipe têm cara, jeito,atitudes e engajamento d seu líder... E ao olhar o Brasil hoje, descobrimos que todos tem atitudes parecidas ao do PR. Porém, se você brilhar mais do que o próprio vc é substituído, por outro um pouco mais apagado, até que esse perceba a fragilidade do egocentrismo que envolve a liderança, e o manipule para o fortalecimento de si mesmo é nunca do grupo.

E assim, segue os brasileiros defensores de partidos e políticos, ostilizando brasileiros que só desejam falar e ser ouvidos.
Mas ouvir tbm não combina com a política; pq o político aprendeu que no palanque ele precisa gritar, gesticular, falar sobre a precariedade daquele lugar, falar o quê o cidadão simples quer ouvir... Mas esse, tbm se cala por medo de opinar e não sair vivo. (vivo aí, pode ser do emocional, do corpo, da moral e do arrependimento de se expressar).

A política deveria ser um ato de conquista de cidadãos que concordam com suas ideias e projetos... Mas a política, precisa ser de verdade e reluzir igual ouro; Para que assim se tenha confiança, direitos e deveres. E ao longo da caminhada ajustes! Mas não! Qnto mais poder, mais se aproveitam das falhas que há nos três poderes do Brasil para realizar seus interesses pessoas, enqnto o cidadão de bem que vc vê pela janela que te protege pedindo um trocado pro pão. Esse mesmo que votou em alguns de vcs, E que deram as costas em algum momento.

O Brasil que não é do Brasileiros e sim dos politiqueiros, que deturpam o quê havia de melhor no Brasileiro que é o orgulho de sentir orgulho pelo avanço social e econômico de um País gigante... Que não se cansa de ser usado, para fins de evolução de um grupo e não de toda uma sociedade.
Monet Carmo
Enviado por Monet Carmo em 25/06/2020
Código do texto: T6987834
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Monet Carmo
Belém - Pará - Brasil, 41 anos
3204 textos (330102 leituras)
82 áudios (10622 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:10)
Monet Carmo

Site do Escritor