Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Simples poesia

Eu vejo uma folha branca de papel
Meu peito já faz um afoito escarcéu

Vai pulando os tantos versos
Esvai meus internos universos

Agora é a hora de escrever
Aurora ousou em se romper

Escrevo à luz fraca do dia
Enlevo dessa minha poesia

Benesses que cuido como jardineiro
Nesses versos que rimam por inteiro


Cláudia Machado
22/4/18

Cláudia Machado
Enviado por Cláudia Machado em 22/04/2018
Código do texto: T6315600
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Machado
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
737 textos (21396 leituras)
59 áudios (2803 audições)
1 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 18:58)
Cláudia Machado