Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Chegaste
feito brisa
arejando a sala
mas eras vento
daqueles
de tempestade
e tudo que fizeste
foi quebrar
meus vasos

***




Cheguei.
Sei que fui apavorante
como tempestade em apogeu,
e eu quebrei os teus vasos
mais tudo...tudo que era teu.
Demarcado no quadrante,
não fui um vento bonzinho
mas, sim, redemoinho
a provar - beligerante -
que ontem, hoje e sempre
- o teu Amor sou eu!

***











Lu,

passei em sua escrivaninha e trouxe
sua
sensível frase para fazermos mais um
dueto.

Foi bem prazeroso unir meu lirismo
ao seu e depois produzir esta página.

Tomara vc goste e todos que vierem também.

Um beijo azul


Lu Genovez

Estou emocionada, Sílvia!!!!!!

Ficou maravilhoso!

Tu sempre me ensinando como se faz!!!!

Obrigada sempre pelo carinho!

Beijos a ti e aos amigos.


SILVIA REGINA COSTA LIMA
Enviado por SILVIA REGINA COSTA LIMA em 02/06/2010
Reeditado em 02/06/2010
Código do texto: T2294719
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Vinhedo - São Paulo - Brasil
1886 textos (353432 leituras)
1 e-livros (771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/07/19 16:16)
SILVIA REGINA COSTA LIMA

Site do Escritor