Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Momento...
madrugada, agosto, tudo quieto;
cavalete, tela branca e pinceis inativos;
o branco que me deu,
é mais branco que a tela,
que nada me fala
e eu olhando pra ela,
sem idéia. E no branco papel,
as palavras escorrem
sem que eu possa conte-las.






E no papel
antes tão branco,
na madrugada de inverno
você (vencendo o inferno
e a falta de inspiração)
encheu-se de esperança
lançando fora a emoção,
pegou nossas lembranças
e em poema converteu
todo Amor que é só meu!







Poeta,

Usei novamente seu comentário/poema
para fazermos um dueto, baseada em
sua antecipada confiança em mim:

"Considere-se autorizada de antemão
pois já vi sua sensibilidade e competência
com as palavras" 
Bjs, Luiz
03/05/2010 15:21 - LUCAPACHECOPAC

Casar nosso lirismo é bem prazeroso.
Tomara vc goste deste resultado também.

Um beijo azul



lucapacheco

Fico muito honrado em estar participando
dos duetos contigo.

Ficou muito bom mesmo.

Bjs.

.....
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Enviado por SILVIA REGINA COSTA LIMA em 25/06/2010
Reeditado em 28/06/2010
Código do texto: T2341431
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (silvia regina costa lima). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Vinhedo - São Paulo - Brasil
1886 textos (353355 leituras)
1 e-livros (771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/19 17:33)
SILVIA REGINA COSTA LIMA

Site do Escritor