Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Seja como for é amor...
Eu sei-te...Eu sinto-te...
O fingir é vidente...
Tanto que nos faz presentes...
Carente de nós.
Pensamentos nos desnudam...
Não escondem a vontade de encontrar.
É amor !!!....
Corpo cheio de calor...
Alma quente...
Corpo a todo vapor...
Loucuras sem pudor.
Seja como for...
Nesse carinho...
Nesse momento...
Nessa escrita...
Nesse poema chamado amor.

Gelsa Silva.    05/09/2013
...

É essa a maneira...
De como é planejado.

Não há sinais...
Não é de jeito nenhum.

Amor é um bagunça...
Por dentro que nunca se tira...
Por completo.

É um anjo que bate a porta...
Com palavras no momento perfeito...
E o proprio diabo que assume a carne e a alma.

Existe um uivo no silêncio...
Ilusões poderosas...
Suor intenso...
E o pior defeito se exite !?!...
A carencia que  passeia na pele.

O peso no corpo...
As bobagens e suas evoluções cegas.

Eu sei-te...eu sinto-te...
Há tantos segredo nisso...
Que o sexo é saudade...
E o amor é só lindo.

Nesse retiro voluntário...
Somos um par em seus ensaios.

Excessos..ausências...
A boca doce e seca de beijos.

O pouco não serve...
Chamamos nossos nomes...
A olhar para o teto dos seculos.

Acomodo-te...
Porque sei-te...
Fecho os olhos...
Porque sinto-te.

E o poema !?!...
É sem perfume...
Mas fareja letras...
No notuno corpo...
Surpreso e perflexo...
De nosso gozo...
De um amor que não perdoa...
Só bagunça !!!.

Romilpereira
ROMILPEREIRA e Gelsa Silva
Enviado por ROMILPEREIRA em 08/01/2018
Código do texto: T6220739
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ROMILPEREIRA
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
1843 textos (37904 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/04/18 20:20)
ROMILPEREIRA