Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
Amado, onde estás?

Procuro-te todo tempo

Não esqueço o momento

Em que aprendi a te amar;



A chuva vem caindo

E uma lágrima furtiva de meus olhos rolou

Meu coração esta apertado

Com a falta deste grande amor.


Pedirei ao vento que me leve à ti
 


Quero demais encontrar contigo

Não importa tempo e lugar

Ou então vem para ficar comigo!


Estou sempre aqui querida minha

Olhando para as estrelas tentando

identificar qual delas parece com você
 


Estou sempre aqui, amada, querendo tudo

e nada.

Tudo para estar ao seu lado
 

Nada sem você tem sentido.
 


E nesse grito incontido.

Recorro-me dos versos para

de ti aproximar-me.

Mas fiz o seguinte amor.
 


Pedi ao vento que leve para você

 meu coração querida.

Ou melhor, me receba todo,  

tome minha vida.

 
 
 
DUETO QUE TIVE O PRAZER DE FAZER COM A QUERIDA POETISA ISABEL NOCETTI.        
                       Obrigado novamente poetisa pela oportunidade.
Mario Pereira
Enviado por Mario Pereira em 31/08/2007
Código do texto: T632965

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (mario pereira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Pereira
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil, 58 anos
445 textos (35550 leituras)
4 e-livros (145 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 04:57)
Mario Pereira