Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS DOIS CORAÇÕES

DUETO POÉTICO
Rosa Couto
Portugal
Francisco Eufrasio
Fortaleza - CE
10 / 06 / 2018

OS DOIS CORAÇÕES

As horas do meu dia
São poucas para tanto
Amor
Para tanta
Alegria
Ouço pássaros
Ouço o vento
Ouço a voz do coração
Escuto o amor
Dizer
Temos de dar
Perdão
Perdão a quem não ama
A quem não te dá a mão
Nas horas do meu dia
Escuto o meu coração
Alegre
Feliz
Fico meu irmão
Com meu pobre coração !

Poetisa : © Rosa Couto


Meu coração é irmão do teu
Ele chorar de dor, sorrir de amor
Emplora o perdão do outro coração que machucou sem razão.
Os sentimentos do bem, o meu coração não nega para ninguém.
O perdão sempre vai prevalecer pois o meu coração, naceu para ama vocês.
O meu coração sorrir para a razão.
É parceiro do perdão não gosta da solidão.
Ama todos do meu jeito, procura fazer tudo direto.
Passam os dias e as horas e o meu coração implora por amor e atenção, sem dimensão ele a vezes acaba na solidão. Mesmo assim eu sou feliz com o nobre coração.

Poeta : Eufrasio capacidade
Eufrasiocapacidade e Poetisa : Rosa couto
Enviado por Eufrasiocapacidade em 11/06/2018
Código do texto: T6361109
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eufrasiocapacidade
Fortaleza - Ceará - Brasil, 51 anos
401 textos (2907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/18 06:25)
Eufrasiocapacidade

Site do Escritor