Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS UNIDAS

Nossas almas agasalhadas
Em nossos corpos despidos
Brandindo loucos gemidos
Em longas e ternas noitadas.

Mesmo num tempo de sorte,
Em que atravessamos tão lento
Ainda que num breve momento
Não há eternidade que suporte.

Quando em minh’alma desaguares
Tua vontade límpida e morna
Hás de ver que de alguma forma
Estou vindo de múltiplos lugares.

Renunciarei ao reino se preciso for...
Para ganhar o que me foi prometido
Vou trazer sabor aos teus sentidos
E impregná-los com tanto amor.

Assim, nessa dura, crua, fatigada
Insinuante e agonizante travessia,
Aguarda um novo tempo que inicia
Para minh’alma que jaz imolada.
 
Isso foi apenas um breve começo.
Siga então, em paz no que faz
Apesar de tudo que ficou pra trás.
Tu me mereces, eu te mereço...

Neste nosso sublime sentimento,
Seja lá o lado por onde você vai,
Não se vire, e não olhe para traz,
Para não ver meu triste lamento...

Nay/Marco
Marco Antonio Orsi
Enviado por Marco Antonio Orsi em 11/10/2007
Código do texto: T690261

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Antonio Orsi
Campo Bom - Rio Grande do Sul - Brasil
1687 textos (68804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:35)
Marco Antonio Orsi