Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Autores.
Elio Candido de Oliveira e Ilia noronha
Minas Gerais e Amazonas



Sempre chorando seu falso amor
Algumas lembranças me deixam tristes
Procuro aliviar minha alma. Procuro viver
As traições da vida causaram transtornos.
Que estou a pensar e a reconstruir.
Quis fazer tudo por este amor.
Mas segui meu destino e nada fiz.

Por ser tão fraco também segui a minha vida
Como pode me acusar de algo que fiz
Mal pude dizer o que aconteceu
Estou perdida em lembranças de solidão
Sacrifiquei meu amor por você
E agora o que me resta é viver sem você

A agonia de amar te demais
Causou todos os meus fracassos.
Os ciúmes doentios. Os mal entendidos.
Quero me perdoar primeiro, Quero sim..
Depois disto eliminar tua solidão.
Que não é menor que a minha.
Esta solidão na multidão! Amor !
E terrível. Viverás pouco sem mim..

E todas essas duvidas que você criou
Aumentou mais a minha tristeza
Saber que foi seu grande amor por mim
Que te colocou em conflitos
Queria mais que confiasse em mim
Por que me abandonou? Deixou de me amar?
Perguntas que creio que não terei resposta
E na multidão irei procura o consolo do meu coração.

É veja minha querida, que causa o amor em demasia
Tua tristeza quero apagar
Com meus beijos e muito mais com minha atenção.
E com minha confiança eterna.
Abandonei, mas quanto sofri minha querida.
Agora sei que errei. E que nada tenho a perdoar
E sim te pedir perdão.
Não haverá procura de consolo na multidão.
Eu lhe darei o consolo. Em nosso ninho de amor.
Que reconstruirei...

O coração dita! Para que a alma reflita.
O lapis rascunha. O computador edita.
E nós ou eu.. Publica(mos) palaras e cou . . .




ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 13/10/2007
Reeditado em 26/06/2012
Código do texto: T692240
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4106 textos (160412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:21)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA