Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A QUEM SEMPRE . . .

Agora, sempre que me procuro,
Não consigo me encontrar.
Caminho na casa inteira
Não estou em nenhum lugar.

Então saio estrada afora,
Na direção de onde mora;
Aquela que é todo encanto.
Pois lá eu tenho a certeza
Que estarei com a princesa
Ouvindo seu doce canto.

Ah, quão bom é estar com ela,
É o mesmo que estar no céu.
Ganhando os abraços dela
E os beijos de puro mel.
Minha musa e cinderela,
Morena cor de canela.
A quem sempre serei fiel!
*** (1 Roberto Jun)

Encontra-te no meu mundo encantado
Desde que me conheceste vivemos
Num mundo de sonhos como conto
De fadas a nos amar, meu amado!

Tu segues cantando, procurando-me
Encontras-me mesmo de olhos vendados.
Uma chama ardente presente príncipe
Que, me encontra com teu canto brando!

Hum! É uma delícia estar contigo
Tão prazeroso, sempre um deleite.
Nos teus braços vejo-me no paraíso
Ébria com teus beijos doce de leite.
Minha inspiração é o poeta, um viso
A quem meu coração pertence e é leal!
*** ( 2 Mary Jun)
Mary Jun

Roberto Jun e Mary Jun
Enviado por Roberto Jun em 27/06/2020
Reeditado em 28/06/2020
Código do texto: T6989217
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Roberto Jun
São Paulo - São Paulo - Brasil
1553 textos (43555 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 16:02)
Roberto Jun