Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta (Dueto Vilma e Mara)

O poeta vive a vida

segue a marcha, sente a lida,
através da poesia.
Não sucumbe à hipocrisia.
Com a rima e a solidão
caneta e sonhos na mão
vai buscar inspiração.
Poemas são sua oração.
Mesmo não sentindo nada,
às vezes até uma tristeza danada
toma posse da alvorada
e a faz uma ave alada.
furta suas cores e pinta
pra que quem o veja sinta
o verso ao invés de tinta
todas as mágoas extintas
com carinho sua amada.
e toda ternura ali guardada.
Faz da estrofe barricada
e nem quer pensar mais nada
contra a vida, contra o mundo.
Poemas do amor oriundos
Impunha a pena e vai fundo!

* Vilma
* Mara
Mara Regina Weiss
Enviado por Mara Regina Weiss em 29/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T714608
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mara Regina Weiss e o site marareginaweiss.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mara Regina Weiss
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
405 textos (30555 leituras)
1 áudios (100 audições)
22 e-livros (2844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 04:11)
Mara Regina Weiss

Site do Escritor