Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lua fria//Um vento forte bate triste - dueto com Domingos Alicata

Lua Fria

Um vento forte bate triste,
e abre em minha noite a solidão,
exibindo uma Lua majestosa
que brilha fria, sem a sua emoção...

O aço fino desse raio prata,
corta-me a alma, em mil pedaços...

E da janela, fico a ouvir seus passos,
afastando-se, partindo em lentidão,
levando sem perceber, consigo,
o meu desatinado coração...

Tenho o ímpeto de gritar, pedir que volte
devolvendo-me a alegria e a ilusão,
noites claras de encantamento e magia,
dos versos puros de amor, a inspiração...
Não devo...

Fico vendo-o partir, calada...
Guardo em paz minhas palavras
com seu doce beijo de mel,
tatuado como estrela cadente,
na minha boca molhada de céu...
Desejo...

No lugar do meu coração,
o seu amor,
fica brincando em liberdade...
Saudade...
                                       
   

 Um vento forte bate triste

No forte pulsar do vento, chega à minha alma a tua solidão. E a nossa noite, na majestade da Lua, recolhe a falsa emoção do brilho das distantes estrelas...

O aço fino que, vestido de prata, corta a tua alma, é o mesmo que transpassa o meu coração. E o sangrar das nossas feridas almas em argento lago de amor tomba. Tu, apenas na tristeza desta noite. Eu, já de morte ferido.

Passos...

Não sou eu quem te abandona e sim a vida que me deixa!

No ritual do adeus tento enganá-la. Inutilmente meus lábios cubro de mel e a beijo, com ternura... Na profundidade deste beijo chego aos teus lábios, sempre abertos ao desejo...

E meus derradeiros poemas deixo-os tatuados no céu da tua boca, livres, brincando de viver na eternidade da tua voz...

Como esta noite solitária em que a minha alma já começa a recitar versos de saudade.

Domingos Alicata.
Rio, 28.10.2007

Helena Morais
Enviado por Helena Morais em 29/10/2007
Reeditado em 30/10/2007
Código do texto: T714627

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Morais
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
85 textos (7498 leituras)
1 áudios (97 audições)
3 e-livros (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 03:39)
Helena Morais