Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM POEMA PARA SAYURI

Sayuri... Tentei criar belas palavras...
E estas do sangue, me vieram a alma:


Uma gueixa
É suprema...
Na arte de amar
Supressa
Ardor
Sem prantear
Sem dor
A Pureza
Ao amor...
Sem nada esperar...
Nem sombra ou valor...
É escuro teu cabelo
Ao olho do luar...
Tua arte de amar
É a tatuagem que me desenhou...
Teu olhar de âmbar
É que me cegou
Tuas pequenas curvas
Minha fuga ou tortura?
A Gueixa...
Amor em Cerejas
No Campo Verde
A deixa...
Dor de ser escravo sempre...

Sakamoto Sayuri... Sayuri meu amor!


Das cartas e recados entre Sayuri Sakamoto - "A Gueixa"
e Argus Cruxis " O Templário" no ano de 1.169

OTAVIO JM
Enviado por OTAVIO JM em 29/08/2008
Reeditado em 02/06/2013
Código do texto: T1152419
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
OTAVIO JM
São Paulo - São Paulo - Brasil
975 textos (197513 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 05:43)
OTAVIO JM