Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CURIOSIDADE MOVE O MUNDO

Na rua empoeirada as crianças correm de um lado para o outro. Alvoroçadas se agitam em busca de um esconderijo onde ninguém possa encontrar. Ao término da contagem regressiva, os olhos se direcionam para qualquer vulto num raio de 360° na tentativa de encontrar seu primeiro alvo na brincadeira de esconde-esconde. Á passos lentos e cautelosos sonda lugares quase inacessíveis na esperança de revelar alguém, quando sorrateiramente passa um, dois, três numa velocidade astronômica em meio a gargalhadas de alegria quando conseguem se escapar. Ah, as crianças são universos de imaginação e brincadeiras que revelam sua interação com o mundo. Através do brincar as crianças aprendem e ampliam sua compreensão da vida, sua identidade e relação com o meio social em que estão inseridas. As brincadeiras ao ar livre trazem um colorido especial a infância despertando a curiosidade pelo conhecimento. Os divertimentos populares propiciavam a criação dos brinquedos com materiais simples e a socialização de jogos em que saber lidar com os sentimentos de frustração e reconhecimento, perder ou ganhar faz parte do desafio. O fascínio pelo imaginário é fundamental e entre a meninada é comum a “contação de estórias”, lendas e contos onde vivem personagens fantásticos e reais. O brilho no olhar de uma criança demonstra sua vitalidade e espírito investigativo, por isso a todo instante os “porquês” são inevitáveis, dando um nó na cabeça dos adultos e dissolvendo a lógica racional cotidiana. É como um tempero numa receita culinária, ressalta os aromas e sabores do viver, ora suprimido pela alienação coletiva. Não temos o direito de ofuscar os sonhos infantis, se quer ser astronauta, veterinária, bailarina, presidente, cientista... será! Em sua ingenuidade pode ser o que quiser, mas não pode esquecer de ser criança! Deixe de ofertar tudo pronto e acabado, pois perde a graça e logo é negligenciado. O importante é Criar, Construir e Embarcar na viagem de ser o que você quiser ao lado dos cintilantes olhos de uma criança. Construa os brinquedos, invente e reinvente sua presença de tutor e perceba que na companhia dos pequeninos temos mais o que aprender do que ensinar. Por mais que o tempo passe, as estações do ano mudem e o eclipse apareça em ano bissexto, a chama da curiosidade deve manter-se acesa nas asas do pensar. Caminhando, percebo as pessoas ultrapassando minha frente como meteoros imersos em seus dilemas e me pergunto: Como era o universo infantil dessas pessoas apressadas? Enquanto isso, a meninada correndo por todos os lados, se divertindo com outras brincadeiras, sujas de lama, descabeladas e com um largo sorriso de despreocupação, vivendo intensamente cada momento como se fosse a última aventura ou descoberta. Se não estou enganado, agora estão brincando de pega- pega fazendo o mundo mais feliz.
Leonardo Gedeon
Enviado por Leonardo Gedeon em 24/08/2017
Código do texto: T6093980
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Gedeon
Torres - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
174 textos (42875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/04/20 09:50)
Leonardo Gedeon