Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RETICÊNCIAS

Gente boa cheira a saudade, às vezes não cheira tão bem assim... Todavia aprendemos a aturar, pois nem tudo. Não ature gente que não cheira a compaixão, liderança e atitude. Pois a fé sem ação é em vão... Ora et labora (reze e trabalhe) Pois trabalhar sem rezar faz as coisas perderem reverência. É proibido não buscar a felicidade, porém não há fracasso mais certo que só a deseja-la. Angústia faz parte, lembre-se é um mau dia não uma vida má, sabendo assim terá mais plenitude nas convivência e vivências da sua vida dos seu sonhos e dos sonhos do outro. Não seja um mero executor de funções alheias, faça e pretende fazer a diferença no espaço em que se ocupa. Busque um caminho, cuidado com a ida ao vento, o vento sabe seu caminho nós não. As condições se alteram a todo momento, enquanto você lê este ensaio, uns desejam vida eterna outros suicídio mas não querendo não mais viver e sim encerrar a dor, quantas vezes nosso choros regaram nossos sonhos?! Pergunte-se de que maneira você quer continuar nesse mundo, com máscara ou mostrando as cicatrizes nos rostos, como uma verdadeira forma de que não estamos prontos mais em prontidão. Frase de efeito gera feitos, não fique iguais as mesmas coisas de sempre porém se tudo faz sentido você está paranóico, em crise alguns choram outros vendem lenços, suba mas não ao limite em que você transgrida aquilo que nunca desejou destruir. Dando certo ou não está droga de vida faz o que é certo, recompensado ou não a questão é dormir com a consciência tranquila e segura de que porque você viveu alguns respiraram melhor... Guarda as reticências saiba que há vários pontos finais... Sempre continua... Eu parei aqui... Continue...
JOÃO VICTOR FILGUEIRA e Do estudo que faço. Várias personalidades.
Enviado por JOÃO VICTOR FILGUEIRA em 13/12/2018
Reeditado em 16/01/2019
Código do texto: T6526342
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOÃO VICTOR FILGUEIRA
Ribeirão Pires - São Paulo - Brasil, 22 anos
41 textos (2825 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/19 02:25)
JOÃO VICTOR FILGUEIRA